Com discurso 'empolgante', Guardiola participa de protesto pró-independência da Catalunha

O futebol atravessa as fronteiras do esporte e, em alguns casos, atinge até o âmbito político. Neste domingo, por exemplo, Pep Guardiola participou de uma manifestação em defesa da independência catalã da Espanha. Em frente ao Monumento das Quatro Colunas, em Montjuic, Barcelona, o treinador do Manchester City leu seu ponto vista sob o tema "Referendo é democracia". A imprensa catalã trata o discurso como "empolgante".

- Somos vítimas de um Estado que colocou em marcha uma perseguição política e policial. Hoje o Estado espanhol persegue o debate político e nossos empresários se veem pressionados pela polícia judicial. Esse escândalo político somente se reverte com mais e mais democracia. Apelamos à comunidade internacional pelos direitos hoje ameaçados na Catalunha, a liberdade de expressão. O governo catalão deve saber que, quando cumpre o mandato democrático, não estará sozinho. O governo deve saber que estaremos a seu lado. Agora que querem sequestrar a voz da democracia, iremos às urnas e defenderemos nossos representantes. Estamos comprometidos com eles.

Cabe frisar que o presidente regional Carles Puigdemont sugeriu para o dia 1º de outubro a votação que decidirá o imbróglio político, que já dura anos.

- Votaremos ainda que o Estado espanhol não o queira. Tentamos votar 18 vezes e fomos menosprezados. Não temos outra saída a não ser votar - disse Pep Guardiola, ídolo do Barcelona como jogador e treinador.

Em tempo: o governo espanhol prometeu proibir a votação do referendo por considerá-lo inconstitucional, com a justificativa de um possível prejuízo social à vida de todos os cidadãos do país.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos