Diretoria do Bangu denuncia agressão no vestiário após empate com a Desportiva-ES

Após o empate com gol polêmico no fim da partida, que se encerrou em 2 a 2 entre Desportiva-ES e Bangu-RJ, ao descerem para o vestiário, dirigentes e jogadores do Alvirrubro Carioca foram agredidos por torcedores que invadiram o local no estádio Engenheiro Araripe, em Cariacica. A denúncia foi feita pelo mandatário do clube, Jorge Varella. Apesar da ausência no jogo de ontem, o presidente está a par do ocorrido.

- Estou no Rio de Janeiro, mas a par de tudo o que está acontecendo. A informação que chegou é que o portal do vestiário foi arrombado e agrediram covardemente os jogadores do Bangu e membros da comissão técnica. Jogaram garrafas, cortaram perna e as costas de alguns. Solicitei ao delegado da partida que mencione isto no relatório do jogo. Procuramos saber da arbitragem se eles vão informar na súmula do jogo. Também dei a providência de encaminhar todos para a delegacia e levar todas as fotos que têm com eles para que seja feito um boletim de ocorrências e as providências cabíveis sejam tomadas - afirmou Varella.

Confira na íntegra a nota de repúdio lançada pelo clube após a ocorrência:

"É com tristeza que o Bangu Atlético Clube vem a público comentar um fatídico episódio que ocorreu com nossos atletas e funcionários neste sábado, 10, no Estádio Engenheiro Araripe, em Cariacica, Espírito Santo.

Nossos atletas e funcionários foram covardemente agredidos por bandidos travestidos de torcedores da Desportiva Ferroviária ao final do jogo entre as equipes. O vestiário em que estava a equipe do Bangu Atlético Clube foi arrombado e invadido por estes meliantes armados com garrafas e outros objetos cortantes.

Não bastasse a invasão ora relatada, nosso atleta Hygor Guimarães foi covardemente agredido com uma garrafa de vidro de grande periculosidade, o nosso zagueiro Cleidson teve corte em uma das mãos e nosso massagista Marcos Aurelio também foi vítima com um golpe pelas costas que deixou um relevo na região atingida.

Ressaltamos que o Bangu Atlético Clube não aceita que eventos como esse aconteçam e se repitam. O clube repudia qualquer ato de violência e aguarda providências das autoridades, inclusive as autoridades esportivas, no sentido que esses indivíduos sejam punidos. A todos os profissionais que passaram por este incidente desagradável, manifestamos apoio e solidariedade."

Na súmula, porém, a arbitragem relata "que nenhum fato foi presenciado pela equipe de arbitragem e delegado da partida, apenas fatos narrados pelo dirigente (Celso Bandeira) do Bangu Atlético Clube ao delegado da partida".

O volante Hygor também se feriu, assim como Roberto Fernandes e membros da comissão técnica foram atingidos por pedras arremessadas ao vestiário.

Antes da invasão e agressão, os ânimos já estavam quentes após a marcação de pênalti aos 51 minutos da segunda etapa, que configurou o empate entre as equipes. Ao se encerrar o jogo, o zagueiro Walter foi expulso pelo árbitro Edson da Silva, que alegou ter sido agredido verbalmente pelo defensor do Bangu.

Os fatos tendem a serem apurados e a diretoria do Desportiva-ES também lançou uma nota oficial como direito de resposta, para contestar o que foi alegado pelos dirigentes banguenses:

"A Desportiva Ferroviária, como direito de resposta aos fatos relatados pela delegação do Bangu Atlético Clube, vem a público informar a sua versão sobre o acontecido.

Segundo o clube visitante, torcedores grenás teriam arrombado a porta do vestiário - porta essa que fica voltada para a rua de fora do estádio Engenheiro Alencar Araripe.

Porém, na porta não há sinais de tal ato. Após os então torcedores baterem na porta, os jogadores do Bangu abriram a mesma e foram de encontro à eles na calçada do estádio.

Dentro do vestiário também não há nenhum indício de vidros como alega a delegação banguense.

A Desportiva Ferroviária vem lamentar o fato ocorrido e espera que o acontecido seja devidamente apurado. Também frisamos que somos contra qualquer tipo de violência no esporte."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos