Na estreia de Bauza, Emirados Árabes empatam e ficam longe da Copa

  • Jorge Silva/Reuters

A estreia de Edgardo Bauza sob o comando dos Emirados Árabes Unidos foi marcante. Cercado de expectativas, o treinador ex-São Paulo e seleção argentina viu a sua equipe empatar com a lanterna Tailândia em 1 a 1, fora de casa, pela oitava rodada do Grupo 2 das Eliminatórias da Ásia. O gols da partida foram anotados por Tossakrai e Ali Ahmed Mabkhout.

Os Emirados Árabes, na quarta posição, chegam a dez pontos, ficando atrás da Austrália, terceira colocada e no posto que credencia à repescagem, e da Arábia Saudita, vice-líder, por seis pontos. Como restam justamente seis pontos em disputa, Bauza e companhia precisarão secar e de duas vitórias nos últimos dois jogos.

O duelo foi equilibrado e com pobreza técnica das equipes. Apesar da posse de bola e número de finalizações superiores, os Emirados Árabes Unidos levaram o primeiro gol do duelo aos 25 minutos da segunda etapa, graças à atrapalhada da zaga e do goleiro. Após uma bola cruzada da esquerda, o meia Tossakrai empurrou para o fundo da rede.

No entanto, a "blitz" do time de Bauza surtiu efeito já nos acréscimos. Nos últimos instantes, na 17ª finalização da equipe, o atacante Ali Ahmed Mabkhout deixou tudo igual e o seu país ainda com remotas chances de ir à Rússia em 2018.

JAPÃO EMPATA, MAS SEGUE LÍDER

Grande favorito no Grupo 2, o Japão não conseguiu superar o Iraque, que jogou em casa, pela oitava rodada. O resultado também ficou no 1 a 1, com gols de Osako, quem abriu o placar para os visitantes, e Kamil.

Líder da chave, a seleção nipônica, comandada pelo bósnio Vahid Halilhodzic, passa a ter 17 pontos. Já o Iraque fica com cinco pontos, na quinta posição, já sem chances de classificação ao Mundial.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos