Engrena o trem-bala, Vascão! Duelo com a Chape pode ser 'divisor de águas'

O Vasco tem chance de voltar da Arena Condá com muita expectativa na bagagem. O confronto com a Chapecoense, pela sétima rodada do Brasileirão, soa como primeiro passo do esperado caminho "para as cabeças".

Após recuperar a confiança em São Januário com o 2 a 1 sobre o Sport, o triunfo tende a fazer a equipe de Milton Mendes subir mais alguns degraus na classificação. Em caso de uma combinação generosa de resultados, com direito a tropeços de Cruzeiro, Fluminense, São Paulo e Santos, o Cruz-Maltino pode se aproximar do G6. E, pasmem, nesta lista, uma reação do Flamengo que tire pontos da Ponte Preta não soaria como mau resultado na Colina.

Um triunfo fora de casa (algo que o torcedor vascaíno não vê no Brasileirão desde o dia 22 de novembro de 2015, no 2 a 1 sobre o Joinville) traz perspectivas para a equipe pavimentar um caminho de ascensão em casa. A sequência de jogos no Brasileirão trará embates no Rio de Janeiro contra rivais que, no papel, são inferiores: o Avaí e o Atlético-GO, entremeados pelo clássico diante do Botafogo.

Mais um motivo para a torcida almejar uma volta à zona de classificação em breve. O Vasco não sabe o que é estar nas primeiras colocações desde 2012, época em que o Brasileirão ainda conduzia quatro clubes para a Libertadores.

A mais recente vez foi na vigésima-nona rodada daquela edição quando, comandado por Marcelo Oliveira, o Vasco perdeu por 2 a 0 para o São Paulo. O revés no jogo seguinte, por 2 a 0 para o Santos, pôs fim a uma série de 54 rodadas seguidas no G4.

REMANESCENTES DO TRIUNFO FORA DE CASA

Na Arena Condá, o técnico Milton Mendes tende a contar com nomes que estiveram na equipe titular do triunfo mais recente do Vasco fora de casa. Autor de um dos gols do Cruz-Maltino, Nenê deixou a camisa 10, mas continua a ser a esperança de qualidade na Colina sempre que entra nas partidas. O goleiro Martin Silva é outro titular absoluto daquele elenco.

Titulares sob o comando de Jorginho, Madson e Andrezinho são alguns dos nomes que perderam espaço no elenco. Além de Riascos, que marcou o outro gol sobre o Joinville, nomes como Jorge Henrique, Diguinho, Luan e Rafael Vaz saíram do clube.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos