Prass diz que ainda não foi procurado para renovar e foca só em jogar

O Palmeiras ainda não procurou Fernando Prass para negociar a renovação de seu contrato, que vence em 31 de dezembro. Calejado por mais de 20 anos de carreira profissional, o goleiro admite que seria melhor já ter uma situação definida, mas não se apavora com a situação e foca só no trabalho.

- Eu tenho bastante tempo de futebol, vou fazer 39 anos no mês que vem,

mais de 20 anos como profissional. Todo jogador, sendo ele novo ou mais velho, prefere ter um contrato mais longo, uma situação definida, mas as coisas no futebol não andam sempre da mesma maneira, ou da maneira que tu queira. Eu estou bem tranquilo. Sei como as coisas acontecem no futebol, sei como funcionam. Por isso que hoje tenho pessoas que cuidam disso para mim e a única preocupação que tenho é jogar em alto nível - disse Prass.

O goleiro completa 39 anos no dia 9 de julho e ainda não pensa em aposentadoria. Ele defende o Palmeiras desde o início de 2013 e já teve uma renovação contratual: no meio de 2015, fechou o contrato que está em vigência agora, válido até o fim de 2017.

- Não penso nisso (parar). No futebol tu para por dois motivos. Um é o físico, e graças a Deus eu tenho muita condição de jogar ainda. Não sou eu que falo, são os testes que a gente faz. E o outro é a cabeça, não estar motivado para vir todo dia treinar, e graças a Deus eu venho por prazer, não venho obrigado, venho porque gosto. Não me vejo, sinceramente, no prazo de um ou dois anos, parando de jogar. Óbvio que depende do meu rendimento, mas não me vejo. Em relação a renovação, não tocamos no assunto, ninguém falou comigo e não falei com ninguém - completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos