Santos diz que procurou chineses e reafirma interesse por Geuvânio

Geuvânio está na mira do Flamengo, mas se depender do Santos, vai errar o alvo. Ao saber da vontade do jogador em retornar ao Brasil após quase dois anos na China, o Peixe tenta repatriar o atacante e usa até cláusulas contratuais para isso.

Segundo o presidente santista, Modesto Roma Júnior, há uma cláusula que obriga o ex-camisa 11 a retornar ao Alvinegro enquanto ele tiver contrato com o Tianjin Quanjian (CHI).

O Santos tenta um empréstimo do Menino da Vila, que não é mais titular em seu clube.

- Geuvânio é um grande jogador, formado pelo Santos, inclusive. Interessa, claro. O retorno dele foi uma condição. O Santos só venderia o Geuvânio para a China se houvesse essa cláusula dele retornar ao Santos. É uma condição. Senão, não teria negócio. Isso de que fere direito de trabalho é conversinha. Contrato é para ser cumprido.

- Não tem nada com o Flamengo. Santos tem contrato com o clube chinês e com o Geuvânio. Em caso de retorno ao Brasil, o Santos tem exclusividade enquanto ele tiver contrato com o clube chinês. Santos não tem contrato com o Flamengo. O clube chinês já foi notificado de que não pode fazer referência a nenhum clube do Brasil. Notificamos só para lembrá-los que não podem fazer essa transferência - disse ao canal Fox Sports.

Promovido em 2013 no Santos, Geuvânio está com 25 anos e foi vendido em 2015 por 11 milhões de dólares (aproximadamente R$ 44 milhões).

O brasileiro tem vencimentos próximos de R$ 1 milhão mensais. A ideia é arcar com parte dos vencimentos do atacante.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos