Real sai em defesa de Cristiano Ronaldo após acusação de fraude fiscal

  • Reuters / Kacper Pempel

Cristiano Ronaldo foi acusado pelo Ministério Público da Espanha por sonegação fiscal. O atacante e astro do Real Madrid é alvo de uma ação da procuradoria por fraudar 14,7 milhões de euros (R$ 52 milhões) entre 2011 e 2014.

Nesta quarta-feira, o Real Madrid saiu em defesa de Cristiano Ronaldo. "O Real Madrid está absolutamente convicto de que o nosso jogador Cristiano Ronaldo irá provar a sua total inocência neste processo", afirmou o clube.

Por outro lado, na última terça-feira, Cristiano Ronaldo negou as acusações juntamente com seu advogado durante entrevista ao canal "SIC Noticias. "Não houve omissão de declaração, houve uma declaração segundo um critério que aparentemente não é o critério que agrade a administração fiscal espanhola. Mas não há base na lei ou em normas que possam dizer que o jogador violou. É uma total surpresa, e o jogador sente que é uma injustiça", disse Lobo Xavier, advogado do atleta.

Confira na íntegra a nota do Real Madrid:

"Real Madrid mostra plena confiança no nosso jogador Cristiano Ronaldo, que de acordo com o nosso entendimento atuou conforme a lei quanto ao cumprimento das suas obrigações fiscais. Cristiano Ronaldo sempre mostrou uma clara vontade de cumprir com todas as suas obrigações tributárias desde que chegou ao Real Madrid em Julho de 2009. O Real Madrid está absolutamente convicto de que o nosso jogador Cristiano Ronaldo irá provar a sua total inocência neste processo. O Real Madrid espera que a Justiça atue com a maior celeridade possível para que, o quanto antes, seja provada a sua inocência". 

 

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos