Kayke se defende de polêmica e diz: 'Deixa eles reclamando lá'

Depois de coroar o Santos com a vitória no clássico por 1 a 0 sobre o Palmeiras, Kayke se defendeu das reclamações de Edu Dracena, que apontou o lance como falta. Ele explicou o lance, ressaltou os três pontos e transferiu a responsabilidade para a arbitragem.

- Muito difícil falar, na hora do jogo tudo é muito fácil. Procurei espaço, procurei sair da marcação e quando vi o Jean tentei ir na diagonal. Quando vi, ele estava no chão, bola na minha frente e a rede. Quantos lances o juiz deu para o Palmeiras e seguiu o jogo? Deixa eles reclamando lá, o importante são os três pontos - explicou.

- Eu não me recordo. A gente se encosta o tempo inteiro. Tem puxão, empurrão, pancada... Se houve ou não a falta, a culpa não é minha. Se o juiz não marcou o Dracena tem que reclamar com ele, não comigo. Eu fiz minha parte e marquei o gol - concluiu.

Com sete gols anotados em sete jogos, Kayke passa a ser o vice-artilheiro da temporada, ficando atrás apenas de Vitor Bueno, com seis. No entanto, no Campeonato Brasileiro o camisa 11 é o artilheiro absoluto com três gols.

O próximo desafio do Peixe é no sábado, contra a Ponte Preta, às 21h, no Pacaembu, pela oitava rodada do Brasileirão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos