Porto acusa Benfica de esquema com árbitros. Sporting pede queda do rival

  • CityFiles/Getty Images

    Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica desde 2003

    Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica desde 2003

Os bastidores do futebol português estão de frente com um possível escândalo. O Porto denunciou um esquema de corrupção na arbitragem para beneficiar o Benfica, divulgando supostos e-mails trocados entre um dirigente do clube e o antigo árbitro Adão Mendes. Um cartola da Liga Portuguesa também estaria envolvendo.

A voz do Porto no caso é Francisco Marques, diretor de comunicação do clube. O dirigente afirma ter recebido cópias das trocas de mensagens que ilustram a "clandestinidade na arbitragem portuguesa".

"O primeiro-ministro (termo relacionado a Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica) é um grande homem e um grande líder, tem um grande amor ao Glorioso. Hoje, o Benfica manda mesmo, e os outros não mexem nada. Dizem os sábios dos painéis que o Porto já não manda. Hoje, quem nos prejudicar sabe que é punido. Isto foi conquistado pelo primeiro-ministro. Quanto às missas, temos bons padres para todos. Agora, apague tudo", teria escrito Adão Mendes a Pedro Guerra, líder da TV do Benfica.

Também de acordo com o dirigente do Porto, Adão Mendes teria enviado uma lista de mais sete árbitros em que o Benfica poderia confiar. No programa "Universo Porto", Francisco Marques salienta que "eram árbitros que estavam a serviço do Benfica", além de cobrar uma resposta contundente de representantes do futebol local.

Posteriormente, o mesmo diretor de comunicação do Porto revelou troca de e-mails entre um dirigente da Liga Portuguesa e um assessor do Benfica, classificando a situação como "muito grave".

Sporting se alia ao Porto e pede rebaixamento

Grande rival do Benfica em Lisboa, o Sporting quer ver o Benfica punido com rebaixamento, multa e retirada dos últimos quatro títulos nacionais ganhos pelo rival, por alegados "resultados corrompidos e adulterados". Esta foi a reação do diretor de comunicação do Sporting, Nuno Saraiva.

"Não sei a veracidade dos e-mails, mas há vários indícios que apontam para a veracidade dos mesmos, pela forma como Pedro Guerra não desmentiu nem estranhou o conteúdo e linguagem nas mensagens. Depois, a amnésia seletiva. O Benfica não nega os e-mails, prefere falar de um crime informático", comentou Saraiva, completando com uma cobrança de "investigação séria".

Associação de arbitragem pede "resposta rápida"

Segundo informações da imprensa lusitana, a Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (Apaf) pretende uma rápida e esclarecedora investigação quanto às recentes denúncias.

"A Apaf apenas quer a verdade, tal como a Federação Portuguesa de Futebol, que no dia seguinte ao conhecimento das suspeitas abriu processo de inquérito, estando o mesmo a decorrer. O que nós pedimos é que os passos seguintes, quer na Comissão de Instrutores, no Ministério Publico ou nos tribunais, sejam rápidos", disse Luciano Gonçalves, presidente da Apaf, em declarações reproduzidas pela "Antena 1".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos