Camisa 10 do Tupi na Série C, Andrey celebra primeiro gol como profissional

Quatorze partidas como profissional, camisa 10 do Tupi na Série C e um golaço na sua conta: na vitória por 3 a 1 sobre o Macaé, no último final de semana, em Juiz de Fora. O meia Andrey recebeu a bola dentro da área, com um drible de corpo tirou a marcação e finalizou, de perna esquerda, no cantinho, anotando o segundo tento do Galo Carijó diante do clube fluminense.

Com apenas 21 anos, celebrou o primeiro gol marcado como profissional e projeta muitos outros na sequência de sua carreira.

- A emoção é diferente. Estava ansioso para que o gol saísse e fico feliz que tenha saído em alto estilo, em uma bonita jogada. Agora é dar sequência ao bom trabalho e que venham muitos outros gols - disse o meia-atacante.

A ascensão na carreira do meia Andrey tem sido rápida, após passagem destacada no sub-20 do Cruzeiro entre 2015 e 2016. No estadual, foi peça importante do elenco do Democrata de Governador Valadares. Após a competição, chegou por empréstimo ao Galo Carijó e foi titular em todos os cinco jogos do clube até o momento (duas vitórias, dois empates e apenas uma derrota). O jogador falou que o bom ambiente encontrado em Juiz de Fora foi fundamental para a rápida adaptação.

- Está sendo uma oportunidade muito boa de mostrar meu trabalho. Agradeço à comissão técnica, do Airton (treinador) até os demais, que sempre cobram bastante e auxiliam na nossa evolução. Agradeço também aos companheiros, que me acolheram muito bem, estão me apoiando e este bom ambiente está sendo transferido para dentro de campo. Nós costumamos falar que somos uma família, aqui não existe vaidade, não tem rixa - comentou.

O Tupi é o quinto colocado no Grupo B, com oito pontos. A pontuação é a mesma do segundo ao sexto colocado, deixando o grupo, que entra em uma fase decisiva, muito embolado. Na próxima rodada, o Galo encara o Mogi Mirim, fora de casa, no sábado (17), às 15h30. Andrey acredita que humildade e pés no chão podem ser fatores fundamentais para o sucesso do clube de Juiz de Fora no torneio.

- Temos de manter a mesma postura que estamos tendo na competição. É levar todos os jogos como se fossem finais. É assim que tem que disputar a Série C. Continuar trabalhando, com os pés no chão, humildade, que é desta forma que vamos conseguir nosso objetivo - afirmou o jovem.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos