Florentino Pérez descarta saída de Cristiano Ronaldo do Real Madrid

Cristiano Ronaldo colocou sua continuidade no Real Madrid em xeque após ser investigado por fraude fiscal na Espanha. No entanto, o presidente do clube, Florentino Pérez, rechaçou a saída do gajo e afirmou que a confusão com o jogador será contornada.

O mandatário merengue citou a cláusula de rescisão de Cristiano Ronaldo, de 1 bilhão de euros (R$ 3,68 bilhões), algo fora do comum para qualquer time do planeta. Florentino Pérez falou ainda que não pretende se desfazer de seu melhor jogador, que tem contrato até 2021.

- Ele é jogador do Real Madrid e vai continuar a ser. Tudo isso é estranho, porque Cristiano Ronaldo é um grande cara, como jogador e como pessoa, por isso vou falar com ele quando voltar da Copa das Confederações para ver o que ocorre. Tudo o que sei é que ele se sente maltratado por conta da cobertura que tem sido dada pela mídia - explicou.

O camisa 7 é o principal nome do Real Madrid. Apesar do status, também já passou por momentos conturbados no clube. Ele chegou a ser vaiado pela torcida, logo após o time levar uma goleada do Atlético de Madrid, no Vicente Calderón, e ele comemorar no mesmo dia o seu aniversário, o que não pegou bem. Mas isso foi superado pelo jogador, que ficou abalado com as acusações de fraude fiscal.

- Ele sempre fez as coisas corretas e tem a mesma estrutura empresarial de quando jogava na Inglaterra, onde passou muitos anos sem problemas. Tudo deve ser uma confusão e logo ficará claro. Nem eu nem ninguém contempla a sua saída do Real Madrid - completou o presidente.

Caso a saída de Cristiano Ronaldo seja realmente confirmada, Manchester United e PSG aparecem como favoritos para levar o português.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos