Para se manter vivo na disputa, México encara a fraca Nova Zelândia

Em duelo importante no Grupo A da Copa das Confederações, o México encara a Nova Zelândia, no Estádio Olímpico de Fisht, em Sochi, às 15h (de Brasília). As duas equipes chegam sob pressão para conquistar a vitória e manter vivo o sonho de chegar às semifinais.

Os mexicanos, porém, largam em vantagem, já que são considerados o segundo melhor time da chave. Além disso, ainda fazem confronto contra uma equipe que nunca venceu uma partida sequer na competição e aparece sem a intenção de dar trabalho para alguém.

- Uma das formas de lutar pelas primeiras colocações é aumentar o saldo de gols, por isso vamos jogar no ataque desde o início para melhorar esse quesito. Não é pecado pensar em golear o rival - comentou Osorio, em entrevista coletiva.

Houve alguns pontos positivos e negativos na estreia dos comandados de Juan Carlos Osorio, contra Portugal. O treinador, inclusive, deve manter sua tradução de rodar o time titular, alterando até oito jogadores e utilizando o veterano Rafa Marquez.

- A Nova Zelândia é uma equipe que briga muito na bola aérea e tem um jogo físico muito forte. Nós precisamos apostar na qualidade técnica da nossa equipe para facilitar o duelo dentro de campo e sair com a vitória - completou o treinador.

NOVA ZELÂNDIA

Depois de perder para a Rússia por 2 a 0 no jogo de abertura da Copa das Confederações, a Nova Zelândia chega para o duelo em busca de seus primeiros pontos no torneio. A confiança do elenco está em uma boa partida que fizeram contra os mexicanos em outubro, quando acabaram perdendo por 2 a 1, mas jogaram bem.

Os neozelandeses tiveram um melhor rendimento na segunda etapa do confronto contra os anfitriões. Para este próximo jogo, o técnico Anthony Hudson pode optar por um time titular mais conservador, considerando a velocidade e o ataque dos adversários.

FICHA TÉCNICA:

MÉXICO X NOVA ZELÂNDIA

DATA/HORA: 21/06/2017, às 15h (de Brasília)

LOCAL: Estádio Olímpico de Fisht, em Sochi (RUS)

ÁRBITRO: Bakary Gassama (GAM)

MÉXICO: Alfredo Talavera; Diego Reyes, Nestor Araujo, Oswaldo Alanis, Luis Reyes; Marco Fabian, Rafael Marquez, ?Gio Dos Santos; Javier Aquino, Chicharito, Hirving Lozano. Técnico: Juan Carlos Osorio.

NOVA ZELÂNDIA: Stefan Marinovic; Tom Doyle, Tommy Smith, Andrew Durante, Themi Tzimopoulos, Michael Boxall; Ryan Thomas, Bill Tuiloma, Michael McGlinchey; Chris Wood, Marco Rojas. Técnico: Anthony Hudson.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos