São Paulo faz proposta que 'insinua' aposentadoria e incomoda Lugano

O São Paulo, enfim, fez uma proposta para Diego Lugano renovar o contrato que acaba daqui dez dias, mas não agradou o ídolo. A oferta que chegou ao defensor é para ficar até o final do ano, com direito a partida de despedida em dezembro, e foi interpretada como "insinuação" de aposentadoria. O jogador, porém, ainda não deu sua resposta.

A informação foi dada primeiramente pelo Uol e confirmada pelo LANCE! Nessa segunda-feira, representantes do uruguaio receberam do Tricolor a proposta de ampliação do vínculo até o final do ano. O ídolo teria direito a parte da renda de um jogo de despedida, similar ao que ocorreu com Rogério Ceni em 2015, seu último ano na carreira.

Lugano quer ficar, mas ficou incomodado. Ele já não gostou da maneira como a negociação foi conduzida, com a diretoria o procurando apenas na reta final do contrato, e já tinha definido que esperaria pelo São Paulo apenas até esta semana. Não está descartada a sua permanência, porém, a pessoas próximas, o uruguaio sente-se usado para agradar a torcida, que tanto clama por sua continuidade no clube.

O zagueiro fará 37 anos em dezembro e chegou a ver Rogério Ceni, em entrevista coletiva, sugerir que ele deveria se aposentar, mas não ficou incomodado. Ele interpretou a declaração do amigo como uma sugestão - na resposta, o próprio técnico se corrigiu dizendo não saber se os planos dele eram de encerrar a carreira. A mágoa com a diretoria é diferente.

O defensor é considerado contestador demais por parte da diretoria e só atuou oito vezes neste ano, o que já fez o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, dizer publicamente que o considera um jogador caro. A ideia de não fazer parte dos planos do São Paulo não chateia Lugano, mas a demora para procurá-lo o irritou, inclusive, para que ele pudesse saber se mudará de país com a família - atuar em outro time brasileiro é algo completamente descartado por ele.

A prioridade ainda é do São Paulo, embora Lugano tenha sido procurado por outros clubes, como o Unión Española, do Chile. E o uruguaio não tem o desejo de se aposentar já. Ainda assim, por consideração à sua história no Morumbi e toda a comoção que gerou em torcida, elenco e até em Ceni, que defendeu sua renovação publicamente, ele cogita aceitar essa ampliação curta de vínculo por mais seis meses.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos