Com show de Diego e Guerrero, Flamengo goleia a Chapecoense

Em noite inspirada dos seus astros, o Flamengo goleou a Chapecoense por 5 a 1, na noite desta quinta-feira, na Ilha do Urubu, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Guerrero, que ainda não tinha marcado na competição, fez logo três gols. Diego, também com ótima atuação, fez os outros dois. Victor Ramos descontou para os visitantes numa falha do goleiro Thiago.

Com o resultado, o Rubro-Negro chegou aos 14 pontos, agora na nona colocação, logo acima da Chape, que tem a mesma pontuação. Na próxima rodada, o Flamengo visita o Bahia, no domingo, enquanto a equipe catarinense recebe o Atlético-MG.

A Chape assustou em duas oportunidades logo nos primeiros minutos. O Flamengo respondeu com cabeçada de Éverton, que passou rente à trave esquerda de Jandrei. Aos 13 minutos, Diego acertou um lindo chute da entrada da área após corte mal feito pela zaga dos visitantes. O goleiro Jandrei pulou, mas não conseguiu evitar o golaço do camisa 35.

O jogo seguiu quente, com muita velocidade. Aos 18 minutos, Diego, de novo ele, avançou pela ponta esquerda e lançou para Guerrero, dentro da área da Chape. O atacante ganhou disputa de bola com a zaga e colocou na rede.

Frágil na defesa, a equipe de Santa Catarina incomodava em bolas aéreas, mas nada capaz de tirar o sono de Thiago, que pouco foi acionado na primeira etapa. Pelo Fla, Guerrero ainda teve outra chance de ampliar, mas parou em boa defesa de Jandrei.

Mesmo com a vantagem no placar, o Rubro-Negro voltou do intervalo pressionando. Guerrero deu dois chutes perigosos pouco depois da bola voltar a rolar. Contudo, a Chape diminuiu o prejuízo aos 10 minutos. Reinaldo cobrou lateral para a área, Thiago saiu mal e soltou a bola. Victor Ramos aproveitou o vacilo e empurrou para o gol.

O jogo que parecia tranquilo para o Flamengo ganhou um tom dramático por certo tempo. Alguns torcedores ficaram apreensivos com bolas aéreas num momento em que Thiago demonstrava insegurança. Rhodolfo fez sua estreia pelo time carioca ao substituir Réver, que saiu lesionado.

A tranquilidade voltou à Ilha do Urubu aos 29 minutos, quando Guerrero ampliou. Após uma jogada aérea que resultou em cabeçada de Arão no travessão, o peruano ganhou da zaga e sacudiu a galera: 3 a 1.

A vitória virou goleada com show da dupla Diego e Guerrero. O meia fez o quarto, aos 33 minutos, em bom chute de fora da área após bom passe do atacante. Três minutos depois, o peruano fez o terceiro gol dele na partida. Éverton cruzou da esquerda para a área, onde o camisa 9 subiu mais alto e estufou a rede. Vinicius Júnior ainda fez o sexto, mas a arbitragem assinalou impedimento do garoto. Seria o primeiro dele no profissional. Mas não fez falta. Era dia de festa na Ilha.

FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO 5 X 1 CHAPECOENSE

Data/horário: 21/6/2017, às 21h

Local: Ilha do Urubu, Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)

Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (ambos de SP)

Cartões amarelos: Éverton, Juan e Rômulo (FLA); Girotto (CHA)

Público e renda: 14.632 presentes / 13.436 pagantes / R$ 834.628,00

Gols: Diego, 13'/1°T (1-0); Guerrero, 18'/1°T (2-0); Victor Ramos, 10'/2°T (2-1); Guerrero, 29'/2°T (3-1); Diego, 33'/2°T (4-1); Guerrero, 36'/2°T (5-1)

Flamengo: Thiago, Rodinei, Réver (Rhodolfo, 18'/2°T), Juan e Trauco; Márcio Araújo (Rômulo, 32'/2°T), Arão e Diego; Berrío, Éverton (Vinicius Júnior, 38'/2°T) e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

Chapecoense: Jandrei, Apodi, Grolli, Victor Ramos e Reinaldo; Andrei Girotto, Luiz Antônio e Seijas (Perotti, intervalo); Rossi (Lucas Mineiro, 35'/2°T), Arthur Caike e Wellington Paulista (Túlio de Mello, 30'/2°T). Técnico: Vagner Mancini.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos