Fábio defende uso de time reserva e pede reabilitação diante do Coxa

Após o revés para a Ponte Preta, o goleiro Fábio saiu em defesa da comissão técnica e aprovou a utilização de um time alternativo em Campinas. Ao todo, o auxiliar Sidnei Lobo, orientado por Mano Menezes, que estava suspenso, poupou oito jogadores e ainda não pôde contar com Henrique, Manoel e Dedé, machucados, além de Leo, suspenso.

- A decisão que tomamos foi exatamente para dar condições para esses atletas (reservas) que vêm treinando no dia a dia. Jogadores que já foram titulares da equipe. Quem acompanha sabe do empenho dos atletas. Essa ideia foi em função do desgaste que estava tendo e diante da confiança que temos em todos os jogadores - comentou o camisa 1, antes de pedir foco no Coritiba, adversário do próximo domingo, no Mineirão, às 16h, pela décima rodada do Brasileirão. Ele lembrou ainda que a Raposa jogou segunda-feira, dois após a Ponte Preta..

- Já temos um confronto muito difícil contra o Coritiba, a Ponte Preta teve dois dias a mais para se recuperar. Semana que vem já tem a Copa do Brasil. A decisão foi essa e o que me deixa mais feliz é que os atletas que atuaram, atuaram muito bem - completou Fábio

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos