Maicosuel não aparece no campo e deve continuar como desfalque do São Paulo

  • Marcello Zambrana/AGIF

    Maicosuel em ação pelo São Paulo. Meia deve desfalcar o time

    Maicosuel em ação pelo São Paulo. Meia deve desfalcar o time

Ainda não deve ser no domingo, contra o Fluminense, que Maicosuel fará seu segundo jogo pelo São Paulo. No treino da manhã desta sexta-feira, no CT da Barra Funda, ele foi um dos poucos que não apareceram no gramado e, mantendo trabalho particular de fortalecimento muscular, dificilmente estará à disposição contra o Fluminense, no Morumbi.

Comprado do Atlético-MG no começo do mês por 1 milhão de euros (quase R$ 4 milhões), o atacante de 31 anos atuou apenas no primeiro tempo do triunfo por 2 a 0 sobre o Vitória, no dia 8. Saiu no intervalo daquele jogo, queixando-se de dores no púbis, e nunca mais Rogério Ceni pôde contar com ele - no domingo, Maicosuel deve completar cinco partidas seguidas como desfalque.

A comissão técnica decidiu fazer um trabalho separado com o camisa 7. A opção é de melhorar sua condição física para diminuir o risco de lesões musculares. O discurso é de que, se fosse necessário, ele estaria em campo. Na manhã desta sexta-feira, ele não saiu do Reffis.

Outro jogador com problemas físicos que não apareceu no gramado foi Denis. O goleiro sofre com tendinite no ombro esquerdo e nem tem ficado no banco de reservas. Diante do Fluminense, mais uma vez, Sidão deve ser o suplente de Renan Ribeiro na posição.

A manhã foi de trabalhos físicos para os titulares na derrota de quarta-feira, contra o Atlético-PR. Alguns deles, incluindo Lugano, chegaram a jogar futevôlei. Outros ficaram nas dependências internas, seguindo a estratégia da comissão técnica de evitar desgaste físico - todos foram dispensados de qualquer trabalho na quinta-feira, dia seguinte à partida.

Já os reservas realizaram um treino técnico com participação ativa de Rogério Ceni. O treinador chegou a se portar como um deles, tocando a bola e até marcando seus comandados. Ao final dos trabalhos, bateu faltas com Brenner, atacante de 17 anos que estreou entre os profissionais na quarta-feira.

Para enfrentar o Fluminense, Ceni não tem ninguém suspenso. Além de Maicosuel e Denis, quem tem problemas físicos são o volante João Schmidt, que torceu o joelho esquerdo e já está acertado com Atalanta, da Itália, e o atacante Morato, que passou por cirurgia no joelho direito e só deve voltar a jogar em 2018.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos