Rodrigo Caio diz que fase deixa time 'p... da vida': 'De domingo não passa'

Em mais um momento de contestação no São Paulo na temporada, Rodrigo Caio apareceu para dar entrevista coletiva e avisou a torcida: o time não está nada feliz com a sequência de quatro jogos sem vitória que o aproximou da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

- Futebol é um detalhe só: bola dentro da rede. E é isso que não está acontecendo. Perdemos os dois últimos jogos, mas sabemos que estamos fazendo as coisas certas e, infelizmente, não colocamos a bola para dentro. Precisamos colocar a cabeça no travesseiro e analisar. Quando a gente não vence, fica muito p... da vida, desculpa a palavra - falou, soltando um palavrão.

- A torcida está preocupada e nós, também. Sofremos no ano passado e, quando começa o segundo turno, a pressão aumenta. Precisamos reagir o quanto antes, trabalhando da mesma forma, confiando no nosso treinador e nos nossos jogadores para vencer e sair dessa situação. Não pode passar de domingo. O Fluminense tem qualidade, mas precisamos trilhar um caminho de vitórias - prosseguiu.

A partir do jogo das 16h deste domingo, no Morumbi, contra o Fluminense, o time engatará uma sequência de vitórias para subir na tabela. Pelo menos é o que espera Rodrigo Caio, bastante incomodado por ver a equipe a apenas um ponto da faixa de descenso.

- É o momento certo de mudar a situação. É nos grandes jogos que grandes jogadores aparecerem, e aqui tem grandes jogadores. O campeonato está no começo e temos muito a fazer. Com vinda de reforços, queremos chegar o mais longe possível porque temos elenco e time para brigar lá em cima.

Veja outros temas abordados na entrevista coletiva de Rodrigo Caio:

Mudanças de Ceni

Rogério tem um time titular. Agora, foram muitas lesões e saídas agora, fica difícil montar o time. Tinha jogos que só tínhamos uma opção pela beirada, ou não tínhamos nenhum lateral no abnco. Às vezes, a cobrança é excessiva em cima do nosso treinador, porque faltam peças e gerir grupo não é fácil. Agora, hoje temos várias opções, fica mais fácil, temos um grupo mais coeso, com jogadores do mesmo nível para fazer um time competitivo

Reformulação

É difícil, mas isso valoriza muito mais o nosso grupo. Falando que nosso time é inferior aos outros, mas vários jogadores são vendidos. Quem critica está errado ou todos os times europeus pensam errado. Ficamos felizes pela transferência de cada um. Gostaria que todos ficassem, mas é vida que segue, quem está chegando também tem qualidade. Denilson estreou bem, fez boas jogadas, Brenner também. Esperamos que esses jogadores possam nos ajudar. Se estão aqui, tem muita qualidade. Entrosamento demora, é complicado, precisamos passar confiança para se adaptar, porque Brasileiro não dá tempo, estamos quase no meio do primeiro turno, é um campeonato muito rápido. Se não tiver atenção, vamos ter dificuldade. Precisamos de todos o quanto antes.

Mudanças no time

Tiveram saídas, as vendas fizeram com que muito saíssem. As lesões fizeram com que jogadores não tivessem a sequência e o ritmo. No Brasileiro, duas semanas parado e você perde quatro jogos, fica muito difícil recuperar e, no São Paulo, tem jogadores de qualidade que entraram e ganharam rito e confiança nessa brecha. Não tivemos um time para evoluir junto por vendas e lesões, fez com que não crescêssemos, mas precisamos evoluir. Estão chegando jogadores e esperamos crescer, aumentar qualidade e intensidade nesse momento da competição. Porque depois vai ficar tarde, É o momento para vencer e somar ponto para não só se afastar da zona de rebaixamento, mas brigar lá em cima, que é onde deveríamos estar.

Negociação

Sempre converso bastante com o (diretor de futebol Vinicius) Pinotti. Nossas conversas são bem claras, tenho sonho de jogar na Europa, mas meu pensamento é totalmente aqui. Não penso no futuro, penso no agora,m meu sustento vem daqui. Só penso no São Paulo. O que acontecer no futuro, vamos sentar e conversar, mas, primeiramente, só penso em ganhar os jogos, voltar a ser competitivo no Brasileiro. Espero belíssimo jogo e vencer no domingo.

Erros individuais

Falta confiança e concentração, em quase todos os momentos, nos jogos fora de casa, perdemos por 1 a 0 em lances evitáveis. Neste jogo, nem foi muita desatenção, foi falta de sorte porque a bola bateu no zagueiro e sobrou para eles. Mas temos de evitar essa situações. Se resultados não aparecem, a bola pode bater na trave e entrar. Precisamos ter confiança. Mas não pode passar de domingo. Vamos nos preparar bem para ter uma tarde feliz. Sabemos a qualidade do Fluminense, mas, na nossa casa e pelo que temos mostrado, esperamos colocar a bola para dentro. É de grande importância vencer esse jogo.

Mudanças na zaga

São excelentes jogadores, de muita qualidade, gostaria muito de contar com eles. Mas futebol é dinâmico. Maicon com possibilidade de sair do país, são opções pessoais. Fico feliz por ele, mas gostaria que ficasse. O Lucão tem qualidade, sempre falo, é muito jovem e torço muito por ele porque é muito batalhador e honesto, que tenha sucesso. Vivo expectativa de Lugano ficar, tem experiência, agrega muito. Vai chegar novo zagueiro. Espero que novo zagueiro estej à disposição o quanto antes.

Arboleda

Não conheço Arboleda, mas Pratto falou que é muito bom. Que esteja bem o quanto antes porque precisamos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos