Rafael Moura defende opção de Roger Machado e exalta Otero

A decisão do técnico Roger Machado e da diretoria atleticana de escalar um time alternativo no duelo contra a Chapecoense, no próximo domingo, às 19h, na Arena Condá, pela décima rodada do Brasileirão tem o respaldo do atacante Rafael Moura. O reserva de Fred garante que não adere à decisão só por ser beneficiado direto, mas também por uma questão de motivação.

- Na partida da Libertadores (contra o Sport Boys-BOL), com time alternativo, todos jogaram bem, e o Otero, que não seria titular contra o Cruzeiro (na final do Campeonato Mineiro), ganhou a vaga no time titular. Todos que entrarem podem ganhar vaga. Roger quer puxar o grupo para cima. A gente está vivo em todas as competições. Não desmerecendo o Brasileiro, mas se tem o mata-mata agora, tem que priorizar, porque o Brasileiro é longo, mesmo tendo de somar pontos - comentou He-Man, exaltando o meia equatoriano.

Ele será titular na partida que pode recolocar o Galo no Z4 do Campeonato Brasileiro. Por isso, o camisa 13 pede que o time tenha equilíbrio para reencontrar os bons resultados.

- Se conseguirmos um resultado positivo, vamos conquistar sete pontos, sendo dois jogos fora de casa (nas últimas três rodadas). Se tivermos explicação, tomaríamos providência para melhorar. Esse questionamento temos feito internamente para explicar a alternação de bons e maus jogos. Precisamos encontrar o equilíbrio. Fora de casa, temos feito boas partidas, tirando o jogo contra o Vitória - completou Rafael.

Roger Machado deverá escalar o time com Giovanni; Yago, Matheus Mancini, Rodrigão e Leonan; Roger Bernardo, Rafael Carioca, Marlone, Otero e Valdívia; Rafael Moura. O Atlético-MG está em 16°, com dez pontos, um a mais que o Sport, o time que abre o Z4.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos