Timão não fica atrás do placar há 20 jogos. Por que isso é tão importante?

- Todo time tem de saber sofrer, fechar a casinha e saber ser pressionado.

Se tem algo que o Corinthians de Fábio Carille sabe bem é "fechar a casinha". Em 35 partidas oficiais nesta temporada, foram somente 19 gols sofridos, sendo que em mais da metade dos jogos a equipe nem teve o goleiro Cássio vazado. Os bons números da defesa são explicados, entre outros fatores, por uma razão notável: há 20 jogos que o Timão não fica em desvantagem no placar.

A última vez em que isso ocorreu foi no empate por 1 a 1 com o São Paulo, no dia 26 de março, pelo Paulistão. Maicon abriu o placar pelo Tricolor e Jô deixou tudo igual para o Timão. Este duelo foi o terceiro da série de 22 jogos de invencibilidade que o Corinthians tem na temporada, sua sétima maior sequência sem perder na história. Para o técnico Fábio Carille, que ignora os números e prega pensamento jogo a jogo, o mais importante disso tudo é justamente não precisar correr atrás de uma vantagem estabelecida pelo adversário, pois isso beneficia o estilo de jogo corintiano.

Para Carille, sair vencendo os jogos é importante porque faz o adversário se atirar ao ataque. Isso significa que o Corinthians terá menos a posse de bola e poderá jogar aproveitando os erros de seu adversário e os contra-ataques rápidos, outra característica marcante do time. Ou seja, não ficar em desvantagem há 20 jogos é um fator facilitador dos bons resultados que fizeram o Corinthians campeão paulista e hoje líder do Brasileirão.

Neste domingo, contra o vice-líder Grêmio, não ficar em desvantagem e não sofrer gols fará o Corinthians manter a ponta da tabela por pelo menos mais uma rodada. No ano, marcas importantes da defesa foram atingidas assim. Confira abaixo alguns destes feitos do Timão do Carille.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos