Cinco duplas em seis meses: Rodízio no meio do Flu não assusta Orejuela

Jefferson Orejuela começou a temporada como titular ao lado de Douglas, mas com as seguidas lesões do jogador revelado em Xerém, o equatoriano passou a ter diferentes parceiros no meio-campo tricolor. Luiz Fernando, Pierre, Norton, todos foram testados por ali e foi Wendel, de 19 anos, quem agarrou a vaga de titular e não soltou mais. Contra o São Paulo, a dupla estará junta de novo - Wendel, com dores no joelho esquerdo, não atuou contra o Avaí, mas está recuperado e a serviço de Abel Braga para jogar no Morumbi, domingo às 16h.

O rodízio no meio-campo tricolor não surpreende o volante equatoriano. Ao L!, Orejuela, ex-Independiente Del Valle, afirmou que já esperava as constantes mudanças por contas das muitas partidas disputadas no futebol brasileiro.

- Sempre que ouvi falar do Brasil soube que o calendário é duro, que vai se jogar muito e que as lesões vão acontecer. Temos um elenco que bons jogadores, que trabalha forte e os que são escolhidos para jogar estão prontos - afirmou Orejuela, terceiro jogador do Tricolor com mais minutos em 2017.

Orejuela estava a serviço da seleção equatoriana no momento em que o time de Abel viveu uma sequência de quatro rodadas sem vencer no Estadual. O meia retornou dos amistosos nos Estados Unidos e já ajudou o Fluminense na vitória sobre o Avaí na última quarta. Agora, o camisa 18 quer mais uma vitória, mas espera um jogo duro contra o São Paulo, até pelo momento do rival.

- Vai ser um jogo muito duro. Sabemos que São Paulo vem de derrotas e está em busca de recuperação. Nós também precisamos vencer. Vai ser complicado. Trabalhamos para chegar lá nas melhores condições - finalizou Orejuela.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos