Na mira de europeus, Thiago Mendes deixa decisão do seu futuro para Leco

  • Maurício Rummens/FotoArena/Estadão Conteúdo

Depois de tentar levar Thiago Mendes no início deste mês, o Lille, segundo a rádio francesa RMC, prepara uma oferta de 9 milhões de euros (R$ 33,5 milhões) para tirá-lo do São Paulo. Ao ser questionado sobre o interesse europeu, o jogador de 25 anos preferiu deixar qualquer decisão com o presidente do Tricolor, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco.

"Não posso dizer muito. Deixo para o presidente falar, tudo que chega é para ele. Estou com a cabeça aqui, focado em trabalhar para ajudar o São Paulo a sair o mais rápido dessa situação", comentou o meio-campista, que tem contrato com o clube até 2021 e preferiu se alongar mais neste domingo sobre o time, que está à beira da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

"É hora de se preocupar. Um time grande como o São Paulo não poderia passar por uma situação dessas, são cinco jogos sem vencer. Dentro de casa, temos de pontuar, isso é mais do que obrigação, mas isso não está acontecendo. Temos de trabalhar, colocar os pés no chão e bola para frente. Temos de somar pontos no próximo jogo e tirar o São Paulo dessa situação", completou.

Por enquanto, tanto os representantes do jogador quanto a diretoria são-paulina afirmam que nada de oficial chegou de nenhum clube por ele. No início do mês, o Lille, que levou o atacante Luiz Araújo por 10,5 milhões de euros (R$ 38,3 milhões), acenou com a possibilidade de oferecer 7,5 milhões de euros por Thiago Mendes (R$ 27,3 milhões) e o Tricolor se recusou a negociar - o clube tem 80% de seus direitos econômicos.

Mas o discurso da diretoria é de que, se o jogador desejar sair, será liberado caso uma oferta tentadora apareça. Nestes moldes, Maicon relatou sua vontade de voltar à Europa e foi vendido ao Galatasaray - os turcos pagarão 7 milhões de euros (R$ 26 milhões) e, com base no desempenho do zagueiro, podem acrescentar 1 milhão de euros (R$ 3,7 milhões) à transação.

Durante sua entrevista coletiva logo depois do empate por 1 a 1 diante do Fluminense, no Morumbi, Rogério Ceni chegou a falar que fica difícil para a diretoria segurar jogadores que querem ser negociados. Mas assegurou que não se referia a Thiago Mendes, a quem fez elogios pela atuação neste domingo.

"Fez um ótimo jogo e é um excelente profissional. Não sei a situação dele (sobre propostas para sair), mas Vinicius (Pinotti, diretor de futebol) está muito presente e se colocando à disposição para nos dar o que é necessário. Eu me preocupo com o campo de jogo, em ver as condições de cada um e faço o meu melhor", afirmou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos