Bruno Henrique aponta vantagem do Santos no Rio: 'Jogamos melhor fora'

Enquanto torcedores discutem se é melhor o Santos jogar na Vila Belmiro ou no Pacaembu, alguns jogadores parecem ter a opinião de que o Peixe joga melhor fora do que dentro de casa, como é o caso do atacante Bruno Henrique, que acredita que o time tem tudo para fazer uma boa atuação contra o Flamengo, na quarta-feira, às 21h45, na Ilha do Urubu, pela ida das quartas de final da Copa do Brasil.

- É um Flamengo que está subindo, crescendo, mas às vezes oscila. Parece que o treinador não conseguiu posicionar a equipe com o elenco que eles têm. Temos condições de fazer um bom jogo, estamos jogando melhor fora do que dentro de casa. Um gol lá vale por dois - comentou o camisa 27.

Na temporada, o Santos perdeu mais na Vila Belmiro (para São Paulo, Ferroviária, Palmeiras, Cruzeiro e Sport) do que como visitante. Foram cinco derrotas casa contra quatro no Maracanã, Moisés Lucarelli e duas vezes na Arena Corinthians.

O técnico Levir Culpi tem duas dúvidas para escalar o time que encara o Rubro-Negro. O volante Thiago Maia está com uma forte virose e o atacante Kayke com gripe. Os outros dois centroavantes do elenco, Rodrigão e Ricardo Oliveira, estão fora de combate. O primeiro tem amigdalite e o segundo também está com gripe.

Para Bruno Henrique, o Santos tem que se manter fiel ao estilo de jogo e buscar uma peça de reposição e não mudar o esquema tático caso não tenha centroavantes disponíveis.

- Eu acho que temos que jogar da mesma maneira fora de casa. Quem o professor colocar, vai ser quem estiver bem, alguém que tenha estilo parecido com Ricardo ou Kayke. Tem que entrar para somar - conclui.

O Peixe treina na terça-feira pela manhã e viaja à tarde para o Rio de Janeiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos