Dirigente russo ironiza suspeita de doping: 'Absolutamente inventado'

O CEO do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2018 (COL), Alexey Sorokin, descreveu as alegações do "Daily Mail" como "bizarras" e "inventadas". O jornal afirmou, no último domingo, que todos os 23 jogadores da seleção da Rússia, eliminada na primeira fase da Copa do Mundo de 2014, estão sendo investigados pela Fifa por doping.

- Minha primeira emoção foi achar que se o jornal está preocupado com coisas do passado, é porque o torneio está indo bem. Falando sério, é muito bizarro que isso apareça agora. Está claro que é absolutamente inventado, nós recebemos respostas claras da Fifa que os jogadores foram testados, antes e depois dos jogos, e que todos os resultados são negativos - disse Sorokin.

O chefe do Departamento de Competições e Eventos da Fifa, Colin Smith, seguiu na mesma linha e voltou a dizer que os exames de todas as seleções não apontaram qualquer teste positivo.

- Cooperamos nesses assuntos com a Fifa e todas as agências envolvidas. Só posso reiterar que, apesar dessas alegações, há resultados claros. Isso é o mais importante. Temos que ver os fatos, os jogadores são testados sempre, há várias ocasiões que o time todo é testado. Nunca tivemos um resultado positivo. É um fato. Há fatos claros - falou Smith.

Seis dos jogadores investigados estiveram no grupo russo que caiu na Copa das Confederações após perder para o México por 2 a 1, no último sábado: o goleiro Akinfeev, os laterais Samedov e Kombarov, os meias Glushakov e Zhirkov e o atacante Kanunnikov.

O "Daily Mail" teve acesso a e-mail enviados ao ex-chefe do controle anti-doping da Rússia, que abordavam a ordem do governo de esconder possíveis irregularidades. O presidente do COL e da federação russa, Vitaly Mutko, já havia atacado a imprensa britânica, alegando que tudo não passada de uma tentativa de conspiração contra o país-sede da Copa de 2018.

- Não prestem atenção nisso, eles (a mídia britânica) escrevem negativamente sobre nós desde 2010. No futebol, nunca houve e nem haverá doping. Nosso time é checado aleatoriamente, o controle de doping está disponível em todas as partidas de futebol. Esse assunto nem poderia ter surgido - disse Mutko à agência de notícias russa, "Tass".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos