Ponte Preta recebe desculpas após policiais ironizarem suas conquistas

Depois de gravarem um vídeo menosprezando o que chamaram de 'sala de troféus' da Ponte Preta, três policiais civis se desculparam com o clube por meio de uma carta. O vídeo, que gerou grande repercussão nas redes sociais, foi gravado no Moisés Lucarelli e nele os policiais que foram escalados para fazer a segurança da partida entre Ponte Preta e Palmeiras, filmam o salão nobre do estádio dizendo que o local é a 'sala de troféus' da Macaca.

Após a divulgação da 'brincadeira entre colegas', a diretoria do clube recebeu uma cara oficial assinada pelos envolvidos com um pedido de desculpas. Os policiais alegam que o vídeo seria enviado apenas para um grupo fechado.

O vídeo, visto fora de contexto, dá uma outra conotação, mas que garantimos que não era a de ofender a A.A.P.P., nem seu presidente, nem sua diretoria, funcionários e torcedores. Portanto nos desculpamos pela infeliz brincadeira - diz parte da carta.

Após o ocorrido, a Corregedoria da Polícia Civil instaurou uma investigação para apurar a conduta inadequada do trio envolvido. Eles podem sofrer sanções disciplinares e até punições quando as investigações forem concluídas.

Nesta temporada, a Ponte Preta passou perto de conquistar o que seria o primeiro título importante de sua história no Campeonato Paulista. Entretanto, na final, a Macaca foi derrotada pelo Corinthians e ficou apenas com o vice.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos