Guerra caminha para ter sequência melhor que em seu auge na Colômbia

  • Ale Cabral/AGIF

Guerra chegou ao Palmeiras sob forte expectativa pela qualidade apresentada no Atlético Nacional (COL), mas gerava preocupação pelas lesões que teve em 2016. Depois de seis meses e já adaptado, o meio-campista mostra que está em dia também na parte física, tanto que já se aproxima ao número de jogos que fez nos últimos dois anos na Colômbia, quando viveu seu auge.

O camisa 18 não realizou mais do que 35 partidas nem em 2016, nem em 2015. No Verdão, já são 23 jogos para ele, com direito a seis gols (no ano passado ele fez dez) e três assistências. O jogador considera que a nova Academia de Futebol tem bastante influência nestes números.

"Fico surpreso com a quantidade de jogos que temos aqui no Brasil, são muitos, mas sinto que a preparação no Palmeiras é muito boa. A comissão técnica sabe fazer a recuperação dos jogadores, isso é muito importante. Depois de cada jogo você fica muito cansado, então eles sabem preparar os jogadores. Eu sempre preparo a mente para jogar jogo atrás de jogo, peço a Deus que me livre de qualquer lesão, porque no futebol há muitas lesões. Espero que a gente siga se preparando bem", resumiu o jogador.

Principal liderança técnica neste bom momento palmeirense, Guerra tem sido monitorado de forma especial pelo departamento médico e fisiologia do Verdão. Antes da partida contra a Ponte Preta, o clube realizou uma preparação especial até na parte de hidratação do jogador.

O armador tem apresentado ultimamente mais dores por traumas e pancadas do que por desgaste. Tanto que contra o Cruzeiro ele deve fazer seu sexto jogo seguido como titular. Nesta série, atuou os 90 minutos em quatro vezes - só contra a Ponte Preta saiu já aos 40 minutos do segundo tempo.

A sequência será quebrada no sábado, já que o venezuelano terá de cumprir suspensão automática no Campeonato Brasileiro, contra o Grêmio. Isto lhe dará mais tempo para preparar-se pensando na Libertadores - o Verdão joga na quarta-feira que vem (dia 5 de julho) contra o Barcelona, no Equador, pelas oitavas de final.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos