Após derrota para o Galo, Jair banca titulares contra o Corinthians

Dizer que o Botafogo fez uma boa partida contra o Atlético-MG, nesta quinta-feira, pela Copa do Brasil, talvez seja um pouco demais. Com um jogador mais durante praticamente todo o segundo tempo, o time não conseguiu evitar o 1 a 0. Mas não há muito tempo para lamentações. No domingo, o time vai enfrentar o Corinthians, líder do Campeonato Brasileiro, e o técnico Jair Ventura já avisou que pretende utilizar os mesmos jogadores, mesmo que desgastados.

- Não temos investimento para poupar. Em 2015, o clube estava na Série B. O Botafogo é gigante, mas está voltando a brigar em cima agora. Temos que ter paciência. Não tenho esse luxo. Se poupar, fica muito difícil - admite, completando também sobre o que faltou para o time conseguir um resultado melhor na Arena Independência.

- Faltou mais tranquilidade nas finalizações ali. O Bruno (Silva) ficou chateado, mas ele tem crédito (apesar de ter perdido as duas melhores chances). Quando ganha, ganha todo mundo. Quando perde, perde todo mundo - completou.

Apesar da pressão ofensiva, no fim do jogo o Glorioso levou um susto. O goleiro Gatito Fernández precisou crescer para cima de Rafael Moura para evitar o segundo gol do Galo.

- Fui com os olhos abertos. Fui em cima dele porque sabia que estava muito em cima. Tentei dar o mínimo de espaço. Mas saio um pouquinho triste, porque acho que fizemos um bom jogo. Faltou ter mais tranquilidade na hora de definir - concorda o paraguaio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos