Sete meses de novela e final é feliz: Vasco anuncia Bruno Paulista

Na teledramaturgia, uma novela tem o costume de ter uma duração de aproximadamente sete meses. Tem também seus altos, baixos, personagens que ficam marcados para a história do Brasil. Desde janeiro, os torcedores do Vasco ficaram atentos a cada capítulo da novela Bruno Paulista no clube. E depois da longa caminhada, o desfecho da temporada chegou no fim da noite desta sexta-feira com o anúncio da contratação feito pelo Cruz-Maltino. O vínculo do atleta, de 21 anos, com o Vasco, em uma espécie de segunda temporada da novela, tem a duração de um ano.

A novela contou com um início animador. Ainda com o técnico Cristovão Borges, nos primeiros dias de trabalho para 2017, o nome de Bruno Paulista pairou no Vasco e agradou aos envolvidos. A vontade do volante em dar um capítulo especial em sua carreira prevaleceu. Não demorou muito e ele começou a treinar em São Januário no mês seguinte, com autorização do Sporting, de Portugal, última equipe que entrou em campo. Esperava-se que a negociação fosse apenas uma minissérie, mas os vilões da história estavam por aparecer.

O Recreativo de Cáala, de Angola, surgiu na história como um vilão. E consequentemente um impasse para que Bruno Paulista assinasse com o Vasco. Até o Bahia, último time a defender no Brasil, foi acionado durante a trama como um personagem secundário, mas importante. Com esperanças de tê-lo à disposição ainda no Campeonato Carioca, o Vasco o inscreveu e seu nome apareceu no Boletim Informativo de Registros de Atletas (Bira) da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) com uma "pendência de transferência da federação".

A inscrição, porém, não adiantou de nada. Foi quando o processo burocrático de toda a trama, com capítulos que prendem a atenção de cada torcedor, além de consultas na Fifa, se fizeram necessárias para entendimento do que poderia ser feito pelos envolvidos. Em março Bruno Paulista parou de treinar em São Januário e ficou no aguardo de uma solução. Os vilões seguiriam atrapalhando? O seu desejo seria atendido para que um desfecho positivo fosse alcançado o quanto antes? Questões que foram sanadas pela direção do Vasco. Em abril, o volante voltava a treinar no Cruz-Maltino e assinava os primeiros papéis de olho no acerto com o Vasco. Milton Mendes, atual técnico, conta muito com ele.

A Fifa apareceria como outro vilão, demorando a responder as consultas de como o procedimento deveria ser feito. Enquanto isso, Bruno Paulista seguia os treinamentos pelo segundo período em São Januário, já sendo exaltado pelos torcedores, mesmo apreensivos pelo capítulo final. Nos primeiros dias de junho, Bruno Paulista treinava em separado em São Januário e teve o seu desempenho filmado pela reportagem do LANCE! (confira vídeo abaixo). Na oportunidade, o volante pediu para que registrasse em vídeo o gol que queria fazer o treinamento. Um teaser para ser apresentado aos vascaínos pelo que podem esperar com ele em campo no Campeonato Brasileiro.

Como toda boa novela, o casamento no capítulo final é de se comemorar. A confirmação de Bruno Paulista fez se encerrar uma das maiores novelas da história do futebol brasileiro. O último dia foi de emoção, com o Bahia registrando a rescisão do volante no Boletim Informativo Diário (Bid) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), mandando para a federação de Portugal, que mandou para a de Angola. Por conta do expediente reabrir apenas na segunda-feira na CBF, Bruno Paulista não poderá entrar em campo domingo contra o Coritiba, mas estará à disposição para o clássico com o Flamengo no outro fim de semana. Mas isso nem é levado em consideração neste momento. Para quem esperou sete meses, mais uma semana não carregam problemas. O que se espera em uma situação como essa é que depois de todos os obstáculos ultrapassados, Bruno Paulista corresponda em campo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos