No Beira-Rio, Boa Esporte vence o Internacional, que sai de campo vaiado

Diante de sua torcida, o Internacional chegou a sua quinta partida sem vitória pela Série B. Em um jogo inédito contra o Boa Esporte, o Colorado até conseguiu criar boas chances no início da partida, mas o Boa se saiu melhor nas finalizações e venceu os donos da casa por 1 a 0, com gol de Diones, aos seis minutos do segundo tempo.

Durante a primeira etapa, o Internacional conseguiu boas saídas de bola e até pressionou o adversário algumas vezes. Logo aos oito minutos, D'Alessandro rolou para Carlinhos, que bateu na entrada da área, mas pegou mal na bola e mandou para cima do gol defendido por Daniel. Aos 18 minutos, Brenner recebeu e deu um belo toque para Charles, que bateu desajeitado e mais uma vez o Colorado perdeu a oportunidade.

O Boa Esporte só começou a pressionar a defesa do Inter aos 25 minutos. Na grande área, Ruan recebeu um belo passe de Ramon, invadiu sozinho, tentou driblar Danilo Fernandes, mas acabou chutando para fora, perdendo uma das melhores chances do jogo. Ao final do primeiro tempo, a situação já estava feia para os donos da casa. Aos 43, Fellipe Mateus bateu uma falta perto da grande área e graças a atenção de Danilo, o primeiro tempo terminou zerado.

A segunda etapa começou com uma grande pressão do Boa Esporte, tanto que logo aos seis minutos, saiu o primeiro gol do jogo com Diones. Após boa troca de passes na entrada da área, Ramon deu a deixa para o meia tocar na saída de Danilo Fernandes e abrir o placar. O restante do jogo foi seguido por uma chuva de cartões amarelos. Após o gol, o Internacional tentou criar jogadas para recuperar o resultado. Enquanto isso, a torcida colorada vaiava incansavelmente.

Inúmeros erros foram cometidos pelos donos da casa que passaram a atuar sob nervosismo. A oportunidade voltaria a aparecer com a expulsão do zagueiro Júlio Santos. O jogador do Boa foi empurrado por Diego, teve a mesma atitude repleta de infantilidade e ambos receberam cartão amarelo. Júlio Santos já tinha um e acabou expulso. Mas, a partir de então, o Internacional hibernou em campo e nenhuma jogada de risco voltou a ser criada.

Sob vaia, o Inter deixou o gramado sem reagir mesmo enfrentando um adversário com um a menos no time e tendo três minutos de acréscimos para reverter o resultado. Por outro lado, a torcida do Boa Esporte teve muito o que comemorar. O interino Nedo Xavier chegou ao seu quarto jogo sem perder.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos