Thiago Maia comemora gol e diz que time do Santos sentiu falta de ritmo

O Santos entrou em campo neste sábado com apenas três jogadores que enfrentaram o Flamengo, pela Copa do Brasil, no meio da última semana. A ideia era poupar o máximo de titulares possíveis para o duelo contra o Atlético-PR, na próxima quarta-feira, pela Copa Libertadores, mas as circunstâncias do empate em 1 a 1, com o Atlético-GO levaram Levir Culpi a lançar mão de peças importantes, como Thiago Maia.

E deu certo, já que o volante que não esteve presente na última partida por estar gripado, entrou e arrancou o empate em Goiânia, ao marcar um belo gol de fora da área.

- Acho que a gente foi bem. Fico feliz pelo gol. O campo estava pesado. Eu estava precisando desse gol. Estava doente, não joguei contra o Flamengo - disse Thiago na saída de campo.

Além do meio-campista, que entrou em campo no intervalo no lugar de Alison, o meia Lucas Lima teve que ser lançado logo no primeiro tempo, após lesão de Vitor Bueno. Os dois acabaram sendo essenciais para o empate e para melhorar a atuação de um time desentrosado.

- O time que entrou não estava entrosado, não vinha jogando, mas acho que eles foram bem. Claro que alguns jogadores sentiram, gramado pesado, como o David Braz que vinha jogando. Mas fico feliz pelo gol, pude ajudar - finalizou Thiago Maia.

O Santos volta a campo nesta quarta-feira, pela Copa Libertadores, para enfrentar o Atlético-PR, às 19h15, na Vila Capanema. A partida é válida pela ida das oitavas de final do torneio continental.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos