Fábio cita bom início, mas lamenta virada relâmpago no clássico

O goleiro Fábio tentou explicar os motivos para o Cruzeiro sair com a derrota de virada por 3 1 para o rival Atlético-MG, nesta tarde/noite de domingo, no Independência. Após sair na frente com Thiago Neves, a Raposa até construiu boas oportunidades para aumentar o placar, mas acabou levando a virada em dois minutos e foi para o intervalo em desvantagem.

- A gente jogou muito bem até os 44 minutos, pouco antes de terminar o primeiro tempo. Aí teve a bola parada, sofremos o gol, e aí o Atlético acreditou no término do primeiro tempo e fez mais um gol. O jogo desandou para nós e não soubemos reagir nessas dificuldades. Poderíamos ter feito mais gols no primeiro tempo, mas o futebol é desse jeito - comentou o goleiro.

Após levar os gols de Cazares e Fred no final da primeira etapa, o Cruzeiro não teve forças para reagir. Além de não ter produzido com frequência, o time ainda levou sustos e sofreu outro gol de Fred que fechou a conta.

- Nesses jogos grandes tem que estar 100% focado para não dar brecha ao adversário. O Atlético, como o Palmeiras, tem jogadores de qualidade e soube aproveitar esse momento jogando em casa. Eles aproveitaram a bola parada e, na pressão, conseguiu outra jogada que ocasionou o segundo gol. Depois disso, a equipe se desencontrou e não conseguiu jogar - concluiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos