Vasco empata com o Coritiba e fatura primeiro ponto fora de São Januário

Em evolução neste Campeonato Brasileiro, o Vasco chegou na noite deste domingo ao primeiro ponto conquistado fora de São Januário. No Durival Britto, empatou com o Coritiba em 2 a 2 em um jogo agitado, com maiores chances para os cariocas nos 45 minutos iniciais e para os paranaenses nos 45 finais. Thalles e Wagner foram os responsáveis pelos gols do Cruz-Maltino.

O Vasco surpreendeu fora de casa. Jogou de uma forma perigosa - principalmente no primeiro tempo. Ponto que não vinha sendo observado até então longe de São Januário. Triangulações, velocidade, criação, efetividade... Parecia até que o Cruz-Maltino atuava em seus domínios em comparação com as rodadas anteriores no Campeonato Brasileiro.

Sem Luis Fabiano, cumprindo neste jogo suspensão pelo terceiro cartão amarelo, Thalles ganhou uma nova oportunidade como titular do Vasco depois de ter passado por um processo de emagrecimento. Quatro quilos mais magro, Thalles correspondeu ao voto de confiança dado pelo técnico Milton Mendes.

Foi inclusive de Thalles o gol que abriu o marcador na fria Curitiba. Aos 20 minutos do primeiro tempo, Henrique puxou boa jogada de velocidade pela esquerda e mandou na medida na grande área para Thalles subir sem dificuldades para estufar as redes do goleiro Wilson. Por tudo que passou, merecido para uma busca de continuidade com o Vasco.

Na frente, o Vasco seguiu pressionando até o intervalo. Thalles quase fez o segundo aos 41 minutos, obrigando Wilson a fazer grande defesa para o Coritiba - a bola, na jogada, chegou também a bater no travessão. Na etapa final, porém, os donos da casa mudaram o panorama e o Cruz-Maltino, retrancado, praticamente irreconhecível, deu espaços.

Aos 21 minutos, Kléber, apto a jogar pelo Coritiba após efeito suspensivo depois do pesado gancho dado pelo STJD por conta de indisciplina, mais uma vez foi essencial e apresentou a sua qualidade. Após bate-rebate, o Gladiador aproveitou sobra e de cabeça empatou. Aos 42, ele recebeu de Henrique Almeida e virou para o Coritiba, para festa das mais de oito mil pessoas no estádio.

No acréscimo, porém, na raça, o Vasco empatou e garantiu o primeiro ponto fora de casa no Brasileiro. Yago Pikachu cobrou escanteio, Paulão desviou e Wagner, oportunista, igualou o marcador. Resultado merecido para ambas as equipes pelo proposto. O Cruz-Maltino agora tem a semana de preparação para o clássico difícil com o Flamengo. Não poderá contar com a dupla de volantes Jean e Douglas, mas deve ter a estreia de Bruno Paulista para amenizar a situação. São Januário promete ferver na luta pela Libertadores.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 2 X 2 VASCO

Estádio: Durival Britto, em Curitiba (PR)

Data/hora: 2/7/2017 - 19h (de Brasília)

Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Auxiliares: Marcio Eustaquio Santiago (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)

Renda/público: R$ 135.300,00/8.020 pagantes

Cartões amarelos: Jonas, Bruno, Anderson (CTB) e Paulão, Douglas, Jean, Breno, Martin Silva (VAS)

GOLS: Thalles 20'/1ºT (0-1), Kléber 21'/2ºT (1-1), Kléber 43'/2ºT (2-1) e Wagner 45'/2ºT (2-2)

CORITIBA: Wilson, Léo (Anderson intervalo), Márcio, Werley e William Matheus; Jonas (Tomás Bastos 16'/2ºT), Matheus Galdezani e Tiago Real; Rildo (Neto Berola 24'/2ºT), Kléber e Henrique Almeida. Técnico: Pachequinho.

VASCO: Martin Silva, Gilberto, Breno, Paulão e Henrique; Jean e Douglas; Yago Pikachu, Mateus Vital (Eder Luis 29'/2ºT) e Nenê (Wagner 25'/2ºT); Thalles (Rafael Marques 38'/2ºT). Técnico: Milton Mendes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos