Weldinho acredita na manutenção do bom momento do Figueira

Mesmo com a boa vitória por 3 a 1 sobre o Londrina, na última terça-feira, o Figueirense ainda não conseguiu sair da zona de rebaixamento da Série B. Porém, o treinador Marcelo Cabo está tendo um belo tempo para trabalhar com o time. O Figueira só volta a atuar no próximo sábado, contra o Ceará. E esse tempo extra caiu bem para o time, como conta o lateral Weldinho.

- A gente vem de uma vitória importante contra o Londrina, tivemos uma semana cheia para o professor trabalhar a equipe e a expectativa é a melhor possível para que a gente possa novamente fazer um bom jogo e conseguir o resultado positivo - afirmou.

Depois, o jogador falou sobre a luta pela posição na lateral direita. Ele começou o ano como titular, mas uma lesão o fez perder a posição para Dudu. Agora, com outra lesão do companheiro, Weldinho procura aproveitar a oportunidade.

- Minha intenção é fazer um bom trabalho, como venho sempre aí trabalhando e nunca mudei. Infelizmente lesões acontecem, aconteceu comigo e agora aconteceu com ele (Dudu), mas acho que se a oportunidade aparecer eu vou estar preparado para dar o meu melhor e poder aproveitar - continuou o lateral.

Por fim, Weldinho foi perguntado sobre o número de gols de bola aérea que a equipe vem tomando nessa Série B. O jogador falou que essa semana cheia foi bem aproveitada para melhorar o sistema defensivo nesse aspecto.

- É como seu sempre falo, a gente tem que procurar melhorar a cada dia. A gente vinha sofrendo alguns gols que eram evitáveis, porém a gente ta procurando melhorar e trabalhando essa semana aí para conseguir ajustar isso - finalizou.

Figueirense e Ceará se enfrentam no próximo sábado, às 16h30, no Orlando Scarpelli. A equipe de Marcelo Cabo ocupa a 17° posição, com 12 pontos, um atrás do Paysandu, primeiro time fora da zona da degola.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos