Prontos para estreia, Bruno Paulista e Ramon são apresentados pelo Vasco

O Vasco apresentou mais dois reforços para a temporada na tarde desta terça-feira, em São Januário: o volante Bruno Paulista, que foi contratado após seis meses de negociações, e o lateral-esquerdo Ramon, velho conhecido da torcida cruz-maltina e que retorna ao clube buscando espantar desconfiança por conta de sua passagem no Flamengo. Regularizados, os dois se dizem prontos e esperam estar relacionados para o clássico contra o Flamengo, no próximo sábado, em São Januário.

- Estou preparado, bem fisicamente, mas claro que tem algumas coisas para se acertar. Se o Milton optar por mim, vou estar bem e preparado. Se ele optar por mim, vou ficar muito feliz. Esses seis meses todos vou mostrar dentro de campo - disse Bruno Paulista.

Campeão da Copa do Brasil em 2011 pelo Vasco, Ramon começou a coletiva pedindo desculpas pelas declarações ofensivas ao Cruz-Maltino na época em que defendia ao Flamengo.

- Prazer enorme estar de volta. Primeiramente queria pedir desculpas pelo que falei. Quando somos jovens, não sabemos lidar com algumas pressões. Quando você fala, fala sem pensar. Fui ingrato, errei, mas quem nunca falou uma coisa que depois se arrependeu. O Vasco é minha casa, onde tive projeção. Eu tropecei, mas levantei. Tenho uma história aqui dentro, sei o que é vestir essa camisa, o que é jogar no Vasco. Eu amadureci. Sei que se não render dentro de campo a torcida vai me cobrar. Palavras são bonitas, mas atitudes são importantes. Tenho certeza que vamos fazer um grande Brasileiro. O grupo está se reforçando, o treinador fazendo um grande trabalho. Estou muito feliz de estar aqui - contou o lateral, que esperar já ter a chance de se redimir e enterrar seu passado rubro-negro no clássico de sábado.

- Não teria jogo melhor para eu estrear. É o jogo que eu quero, que eu preciso e vou fazer de tudo para estar em campo - completou Ramon, garantindo que está no seu auge físico.

Bruno Paulista está acertado com o Vasco desde janeiro, mas problemas burocráticos o impediram de assinar antes. O jogador disse que esse período sem jogar foi difícil, mas que sua vontade foi sempre fechar com o Cruz-Maltino.

- Nesses seis meses minha vontade sempre foi vir para o Vasco. Para mim foi muito difícil esse período. Saí em janeiro do Sporting pensando que ia jogar e aconteceram essas coisas burocráticas. Mas minha vontade sempre foi jogar no Vasco. Graças a Deus deu tudo certo - revelou Bruno.?

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos