Bordeaux sinaliza espera por Arana; veja o que diz gerente do Corinthians

Líder de assistências do Corinthians em 2017, o lateral-esquerdo Guilherme Arana é visto como um dos principais jogadores na temporada que já rendeu o título do Campeonato Paulista, a classificação para a segunda fase da Copa Sul-Americana e uma boa folga na liderança do Brasileirão após 11 rodadas. Com a janela internacional de transferências aberta e uma proposta do Bordeaux (FRA) em mãos pelo camisa 13, o Timão teme pela saída do jogador, mas tem confiança de que isso ocorrerá somente em 2018.

Segundo apurou o LANCE!, o clube francês já sinalizou ao Corinthians de que aceita esperar Arana até 2018. Questionado sobre a informação, o gerente de futebol corintiano Alessandro Nunes não desmentiu, mas tratou a possibilidade de acordo agora para liberação em dezembro como "ponto de interrogação".

- Em tese, sim (Bordeaux aceita esperar). Mas não posso simplesmente acreditar numa resposta sendo que a janela vai até o mês que vem. Uma oportunidade pode aparecer no meio do caminho e não dá para se apegar a isso. Quem tem de responder é o Bordeaux se realmente quer aguardar até dezembro, não posso responder pelo Bordeaux - relatou o dirigente, que ainda reforçou a intenção de não perder o lateral-esquerdo titular durante as disputas do Brasileirão e da Sul-Americana.

- Uma coisa bastante clara é que o Arana não deva sair nessa janela agora, queremos segurá-lo até dezembro. Ele sabe disso, vive o melhor momento da carreira, seria até ruim para ele interromper essa evolução como atleta. Estamos falando de mais uns cinco meses de temporada, com torneios importantes, e não se pode abrir mão de um momento técnico como esse. Ele tem sido muito compreensivo e está muito feliz - sentenciou Alessandro.

O Bordeaux efetivou uma proposta de compra de Guilherme Arana por 12 milhões de euros (R$ 45 milhões), sendo 3 milhões de euros (R$ 11 milhões) abatidos na liberação do zagueiro Pablo, que está emprestado ao Corinthians atualmente. Dos 9 milhões de euros (cerca de R$ 34 milhões) restantes, o Timão teria direito a 40%, o correspondente a R$ 13,5 milhões.

NEGÓCIO "CASADO" POR PABLO?

- Eu não consigo relacionar muito as duas coisas. Há o interesse (do Bordeaux) no Arana e nós temos o interesse no Pablo. Se tiver alguma comunicação para casar isso, estamos à disposição, não tem problema nenhum - diz Alessandro.

As duas negociações simultâneas em andamento não devem ter desfechos próximos, mas o Bordeaux já liberou Pablo a negociar bases de contrato definitivo com o Corinthians. O próprio zagueiro considera as conversas "99,9% certas", mas o gerente de futebol alvinegro tem posição mais cautelosa.

- Não vamos falar de porcentagem. Ele (Pablo) se posicionou naquilo que tem de expectativa, e nós já vínhamos manifestando que nossa vontade era de 100% de ficar com o Pablo. Tivemos uma primeira reunião e vamos ter outras mais para definir os detalhes. A expectativa é a melhor possível, ele colocou um número 99,9% que desejamos que seja 100%, sem dúvida. Mas um contrato tem muitos detalhes, o tempo é o menor de tudo, tem salário, imagem, intermediação, uma série de situações que tem de discutir que você não resolve em uma primeira reunião. Um café da manhã é muito rápido, precisa de mais horas para resolver tudo isso (risos).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos