Cássio se vê melhor agora do que no título da Libertadores e mira Seleção

O título da Libertadores do Corinthians completou cinco anos na última terça-feira e ainda foi assunto nesta quarta, no CT Joaquim Grava. Um dos heróis da conquista, o goleiro Cássio disse que sua fase atual é melhor do que a de 2012.

- Acho que é uma data que sempre será lembrada, é um momento bem especial, a Libertadores era um título muito desejado pelo torcedor, é gratificante ter feito parte da história, um time seleto de goleiros e eu consegui fazer parte daquilo. O Cássio de hoje é melhor, com certeza. Estou mais maduro, tive coisas positivas e negativas que me fizeram amadurecer como pessoa Eu era um menino naquela época, tinha muitos jogadores multicampeões. Hoje me vejo em um melhor momento - afirmou Cássio, em entrevista coletiva nesta quarta.

Cássio e Danilo são os únicos jogadores que permanecem no elenco do Timão, mas no sábado eles reencontrarão Emerson Sheik na partida contra a Ponte Preta, pela 12ª rodada do Brasileirão. O goleiro acredita que o atacante será bem recebido pela Fiel na Arena Corinthians.

- A recepção da torcida ao Sheik eu acho que vai ser boa. Foi um cara que sempre se entregou muito no Corinthians e foi dedicado. Entrava em campo e fazia o melhor. É um jogador mais experiente hoje, mas temos de tomar muito cuidado. Tem um chute muito bom, sabe se movimentar e vai querer fazer seu melhor. Temos de ter muita atenção contra a Ponte - disse.

A boa fase faz Cássio sonhar com a Seleção Brasileira. Ele analisou o que precisa fazer para ser convocado pelo técnico Tite.

- Acho que eu fazendo meu trabalho no Corinthians, me dedicando e sendo regular, minhas chances aumentam. Se eu mantiver a regularidade, minha equipe está brigando por título, eu futuramente posso ser chamado para a Selação - declarou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos