Em jogo louco, Flamengo goleia o Palestino e fica próximo de classificação na Sul-Americana

Num jogo atípico e com duas viradas, o Flamengo goleou o Palestino, por 5 a 2, na noite desta quarta-feira, no Estádio de Apoquindo, em Santiago, no Chile, pela segunda fase da Sul-Americana. A partida teve dois tempos muito distintos. O primeiro foi só monotonia e terminou em 0 a 0, mas o segundo teve emoção, viradas e sete gols. O Rubro-Negro abriu ótima vantagem no confronto e pode perder até por 3 a 0 ou 4 a 1 no duelo de volta, no dia 9 de agosto, na Ilha do Urubu. Ou seja, o time carioca está praticamente garantido nas oitavas de final do torneio.

O Flamengo começou o jogo com a marcação avançada, pressionando a saída de bola dos donos da casa. Com boa movimentação, Everton Ribeiro abria espaço na defesa do Palestino, e Damião tentava, em meio aos zagueiros, colocar a bola na rede.

O domínio do Fla era grande, com muita posse de bola. Contudo, o time não conseguia criar grandes oportunidades de gol. O time carioca parecia jogar em casa, tamanha a falta de iniciativa do frágil Palestino. A equipe chilena só chegou com perigo aos 35 minutos do primeiro tempo, em chute de fora da área, após uma roubada de bola na intermediária rubro-negra.

O Flamengo chegou perto de balançar a rede em duas cobranças de escanteio, mas a zaga do Palestino estava atenta. Em resumo, a primeira etapa foi de domínio rubro-negro, mas faltou emoção na maior parte do tempo. A equipe da casa chegou pouco e demonstrou muitas limitações técnicas.

O segundo tempo começou com um gol do Flamengo logo no primeiro minuto. Éverton cobrou escanteio da esquerda, e a bola sobrou para Réver empurrar para a rede, quase sem querer, no "susto". O Palestino empatou pouco depois, aos 4 minutos, com Romo. Após cobrança de falta para a área, Rafael Vaz cortou para frente da área, onde o lateral da equipe chilena chutou sozinho, sem marcação. A bola ainda desviou em Leandro Damião e foi parar no ângulo esquerdo de Thiago.

A virada chilena veio aos 11 minutos. Após cobrança de escanteio, Éverton furou ao tentar cortar um cruzamento, e a bola sobrou para Vidal, sozinho, fuzilar para a rede: 2 a 1. O Flamengo buscou o empate três minutos depois, com outro gol esquisito. Everton Ribeiro cruzou para a área, e a bola ficou presa, numa disputa de bola. Atento, Berrío lutou até o fim e mandou uma bomba para o barbante. O goleiro Darío nem sequer viu o que aconteceu.

Não satisfeito, um minuto depois de empatar, o Flamengo voltou à frente do placar. Éverton fez uma boa jogada de velocidade na ponta esquerda e cruzou para Damião, de letra, mandar para a rede.

A vitória já estava encaminhada, mas Vaz ampliou para o Flamengo aos 36 minutos, de cabeça. Ele aproveitou cruzamento de Éverton, que Damião completou de maneira equivocada. Foi o primeiro gol do defensor pelo Rubro-Negro. Quem também deixou o dele pela primeira vez foi o meia Everton Ribeiro, que finalizou a goleada com um gol de pênalti, aos 44 minutos. Um chocolate rubro-negro em Santiago.

FICHA TÉCNICA:

PALESTINO 2 X 5 FLAMENGO

Local: Apoquindo, Santiago, Chile

Data/horário: 5/7/17 - 21h45

?Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)

Assistentes: Ezequiel Brailovsky (ARG) e Ivan Nuñez (ARG)

Cartão amarelo: Diego Torres (PAL)

Gols: Réver, 1'/ 2°T (0-1); Romo, 4'/2°T (1-1); Vidal, 11'/2°T (2-1); Berrío, 14'/2°T (2-2); Leandro Damião, 15'/2°T (2-3); Vaz, 36'/2°T (2-4); Everton Ribeiro 44'/2°T (2-5).

Palestino: Darío Melo; Romo (Rosende, 23'/2°T), Toro, Vidal e Diego Torres; Fernández, Cereceda e Diego Gutiérrez; Arario (Tapia, 36'/2°T), Roberto Gutiérrez e Sebastián Pinto (Carmona, intervalo). Técnico: Germán Cavalieri.

Flamengo: Thiago, Rodinei, Réver, Vaz e Renê; Cuéllar, Arão (Rômulo, 25'/2°T) e Everton Ribeiro; Berrío (Mancuello, 35'/2°T), Éverton e Leandro Damião (Vizeu, 39'/2°T). Técnico: Zé Ricardo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos