'Mais um na torcida': Jabá dá adeus ao Timão e é anunciado por russos

Formado nas categorias de base do Corinthians e presente em apenas 20 partidas pelo time profissional, o atacante Léo Jabá teve oficializada sua venda ao Akhmat Grozny, da Rússia, nesta quarta-feira. O jogador de 18 anos foi aprovado nos exames médicos e assinou por cinco temporadas com o novo clube, que já anunciou a contratação por meio de veículos oficiais. Léo Jabá também publicou um texto de despedida do Timão nas redes sociais.

"Faço esse post para agradecer ao Sport Club Corinthians Paulista por todos os momentos no clube. Desde a base, minha vontade era de marcar meu nome na história com títulos e grandes atuações. No entanto, é chegado o momento de um novo desafio na minha carreira: atuar na Europa. Agradeço a todos os profissionais que me ajudaram a crescer como atleta e como homem nesses quase sete anos de Corinthians. Dos seguranças à comissão técnica, vocês ajudaram a nascer um Léo Jabá muito melhor dentro e fora de campo. Serei grato eternamente por isso. Agradeço à torcida corintiana por todo o carinho que sempre tiveram comigo seja nas redes sociais ou até mesmo pessoalmente. Podem ter certeza que serei mais um na torcida pelo sucesso desse clube. Por fim, agradeço aos meus empresários e meus familiares por estarem sempre do meu lado e me orientando para que eu evolua cada dia mais. Obrigado por tudo e... Vai, Corinthians!", escreveu o jovem jogador.

A proposta russa por Léo Jabá é de 2 milhões de euros (R$ 7,5 milhões), dos quais o Corinthians terá direito a 55%, o que representa pouco mais de R$ 4 milhões. As boas notícias é que a promessa é de realização do pagamento à vista e o clube brasileiro ainda manterá 20% dos direitos para futuras negociações. O atacante se despede com 20 jogos e um gol como profissional.

Segundo Alessandro Nunes, gerente de futebol do Corinthians, Léo Jabá demonstrou "vontade de sair", e este fato somado ao pouco espaço com o técnico Fábio Carille contribuíram para a liberação definitiva do camisa 37.

- Às vezes um jovem, bombardeado pelos agentes, tem esse desejo, isso acontece. Acabamos tomando uma decisão, vimos que estava muito propício a sair, e liberamos para conhecer essa nova cultura. Desejamos que ele tenha feito uma boa escolha, porque ele é jovem, e quando somos jovens fazemos escolhas que talvez não sejam tão boas para o nosso futuro - disse, ao LANCE!.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos