Pintado tem conversa com Cueva, enquanto garoto faz trabalho especial

  • Guilherme Dionízio/Photopress/Estadão Conteúdo

No primeiro dia de atividade com todo o grupo disponível para trabalhar no campo após a saída de Rogério Ceni, a comissão técnica do São Paulo deu atenção especial a dois camisas 10 do elenco. E as duas situações vividas no treino desta quarta-feira condizem com o momento de Cueva e Lucas Fernandes.

Titular absoluto do time há tempos, mas em fase muito ruim atualmente, Cueva participou do treino como qualquer outro jogador, mas iniciou fora da atividade em que o auxiliar Pintado esboçava formações. Participou desta etapa mais para frente. E, ao fim do treino, o auxiliar o chamou para uma conversa em particular. No centro do gramado, os dois falaram por cerca de 15 minutos. A fase ruim faz crescer rumores de que pode ser negociado, algo que o São Paulo nega.

Por outro lado, um possível substituto de Cueva ganhou atenção especial no treino. De volta aos treinos após se recuperar de trauma no ombro esquerdo que o tirou do último jogo, Lucas Fernandes iniciou o treino no grupo que continha mais titulares. Foi o meia no ataque que tinha ainda Marcinho, Denilson e Pratto. E, na sequência, fez um trabalho específico de finalizações sob o comando de André Jardine, técnico do sub-20 que o conhece muito bem e auxiliará Pintado enquanto o São Paulo não contrata técnico.

"A atividade foi para reforçar as características dele como 10 mesmo, onde ele é muito bom. O domínio, a virada, o chute", explicou Jardine, após o treino.

Pintado comandará o time no domingo no clássico contra o Santos, na Vila Belmiro, e ainda terá mais três treinos para definir o time. Na atividade desta quarta, ele não contou com o zagueiro equatoriano Arboleda. O jogador foi ao consulado equatoriano resolver problemas de documentação. Ainda não está regularizado, e pode estrear domingo desde que tudo esteja resolvido até lá. Outro gringo contratado recentemente, o argentino Gomez já está liberado.

FORMAÇÃO

No treino, Pintado dividiu o grupo em três. Enquanto dois se enfrentavam em campo reduzido com nove jogadores de cada lado, o outro trabalhava à parte com Jardine. O time que mais tinha jogadores titulares nos últimos jogos foi o de colete amarelo, armado com: Renan Ribeiro, Bruno, Lugano, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Lucas Fernandes, Marcinho e Denilson; Pratto. Faltariam aí dois volantes, podendo ser Jucilei e Petros, titulares no último jogo. No entanto, é preciso destacar que os times se revezeram e ainda há mais três treinos até a formação ser definida.

O São Paulo volta a treinar nesta quinta-feira à tarde, período das atividades de sexta e sábado também. O jogo contra o Santos será domingo na Vila às 19h. A equipe luta para sair da zona do rebaixamento após seis jogos sem vencer no Brasileiro, e aguarda a chegada de Dorival Júnior, favorito para o lugar de Rogério Ceni.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos