Atlético-MG faz acordo para pagamento de dívida com Ronaldinho

Quase três anos após a saída de Ronaldinho Gaúcho do Atlético-MG, o clube comunicou que entrou em um acordo com o jogador e acertou o pagamento da dívida pendente resultante do período em que atuou com a camisa do Galo. O débito é referente aos prêmios, salários e bônus que estavam previstos no contrato do atleta e o valor ultrapassa R$ 10 milhões.

Desde que Ronaldinho deixou o Atlético-MG, em julho de 2014, seu irmão e empresário, Assis Moreira, se dirigiu à diretoria do clube algumas vezes para negociar a dívida. Além desta pendência, o próprio jogador cobrava uma multa de R$ 300 mil por conta do atraso do pagamento da rescisão contratual com o time. Depois de o ex-meia ter sentença favorável, o clube recorreu e a pendência entrou no acordo judicial realizado nesta quinta.

Apesar de ter se acertado com Ronaldinho, o clube não vai divulgar os valores e o prazo para pagamento por envolver uma questão de confidencialidade entre as partes envolvidas.

Nos últimos dias, houve a especulação de que o Galo promoveria uma partida de despedida do atleta, como parte do acordo. Inclusive, o ex-camisa 10 chegou a revelar o desejo de realizar jogos desse tipo pelas equipes por onde passou, entretanto, o clube desmentiu a possibilidade.

Ronaldinho gaúcho assinou com o Atlético-MG em junho de 2012 e encerrou seu contrato em julho de 2016. Ao todo participou de 85 jogos e marcou 25 gols. Pelo time conquistou a Libertadores de 2013, o Campeonato Mineiro do mesmo ano e a Recopa Sul-Americana de 2014.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos