Bem no comando do Tupi, Ailton Ferraz elogia trabalho de Abel no Flu

Autor da jogada para o gol de barriga de Renato Gaúcho no título carioca de 1995, contra o Flamengo, Ailton Ferraz, hoje técnico do Tupi-MG, não esquece a forte identificação com o tricolor. Adepto do jogo bem jogado, Ailton Ferraz tem acompanhado de perto o desempenho do Flu na temporada e elogia o trabalho feito até aqui pelo seu companheiro de profissão, Abel Braga.

- O Fluminense do Abel Braga é um time muito bem ajustado. Muito bem organizado taticamente. Mesmo não tendo um investimento tão alto, o Abel conseguiu encontrar um esquema certo para os jogadores que tem. Dá gosto de ver a equipe do Fluminense. É rápida e com muita velocidade do meio pra frente. Além da qualidade, o Abel conseguiu colocar no grupo um espirito de luta muito grande.

Comandando o Tupi-MG na série C do Brasileiro, mesmo tendo um dos menores investimentos entre os times que disputam a competição, Ailton vem conseguindo bons resultados. Entre os quatro primeiros colocados do grupo B da série C, o galo carijó tem surpreendido pela maneira que tem jogado e pelo comprometimento dos jogadores durante as partidas.

- A gente sabe da dificuldade do clube, mas a gente tem focado somente no trabalho e em fazer tudo dá certo. Nós da comissão técnica e também o grupo de jogadores estamos entendendo que se quisermos alcançar os objetivos, precisamos nos sacrificar. Só o trabalho árduo nos fará superar as dificuldades. O grupo tá entendendo nossa proposta de trabalho e é um grupo muito unido. Isso faz muita diferença.

Mostrando variações de esquemas durante o torneio e se adaptando ao estilo de jogo do adversário, o Tupi-MG, do técnico Ailton Ferraz, vem tendo, além de bons resultados, boas atuações. Até aqui, em 8 jogos, são três vitórias, três empates e apenas duas derrotas. O galo carijó está a apenas um ponto do líder do grupo B, Botafogo-SP.

- Eu tenho esse hábito de treinar vários sistemas táticos no dia a dia, então, quando a gente tem que mudar para uma partida pontual, os atletas já estão adaptados e isso facilita muito o entendimento deles numa nova variação. Na intertemporada treinei bastante essas variações. É importante para que possamos surpreender o adversário e também nos adaptar aquilo que o adversário faz. Tem dado certo até aqui e vamos seguir o trabalho desta maneira. Os jogadores compraram nosso trabalho. Por isso conseguimos bons resultados nesse inicio de série C.

O Tupi-MG, do técnico Ailton Ferraz, volta a campo neste sábado, 8, para enfrentar o Bragantino, as 16h, no Nabi Abi Chedid, em São Paulo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos