Chávez visita CT e se despede dos colegas em tarde de treino secreto

Responsável por comandar interinamente o São Paulo neste domingo, contra o Santos, Pintado comandou um treino sem a presença da imprensa para definir os ajustes do time para o clássico. A única informação repassada sobre a atividade desta tarde foi a presença de Andrés Chávez, que foi ao CT da Barra Funda se despedir dos colegas.

- Foi um prazer jogar em um clube grande do Brasil, como o São Paulo, e levo coisas boas na recordação. Foi uma experiência incrível vestir esta camisa, e sempre tentei dar o meu melhor para representar o clube. Que a torcida tenha gostado do meu trabalho, porque sempre lutei para render o meu melhor - disse o atacante, que estava emprestado pelo Boca Juniors desde a metade do ano passado e sai com 12 gols em 35 jogos no Tricolor.

- Vivi momentos de alegria aqui, como o meu primeiro gol pelo clube, contra o Atlético-MG, e os clássicos. Marcar contra o Corinthians, na vitória por 4 a 0, foi um momento de grande felicidade. Agradeço ao torcedor pelo carinho e sempre estarei na torcida pelo clube. Tenho a certeza de que o time dará a volta por cima, confio nisso, e desejo o melhor para o São Paulo seguir adiante. Muita força aos meus companheiros para reagir no Campeonato Brasileiro.

Em campo, sem Chávez, que já tinha sido dispensado para acertar sua volta à Argentina, Pintado permitiu que os jornalistas vissem apenas o aquecimento. Sem a imprensa, realizou treinamentos técnicos e táticos para definir a escalação que entra em campo às 19h de domingo, na Vila Belmiro.

O São Paulo somou 11 pontos em 11 rodadas no Campeonato Brasileiro, não vence há seis partidas e está na zona de rebaixamento. O técnico Dorival Júnior foi contratado para substituir Rogério Ceni e, por problema familiar, só vai se apresentar na segunda-feira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos