Maicosuel pede e fica sem receber salário enquanto não voltar a jogar

Há um mês no São Paulo, Maicosuel atuou somente o primeiro tempo de sua estreia, no último dia 8, e, desde então, faz trabalho de reequilíbrio muscular. Mas o atacante, a seu pedido, não está recebendo salário enquanto não voltar a entrar em campo.

A informação foi publicada primeiramente pelo Globo Esporte e confirmada pelo LANCE! com pessoas próximas ao jogador. O pedido foi feito há algumas semanas pelo próprio atleta, que se disse constrangido, e a diretoria o atendeu.

Maicosuel foi comprado por 1 milhão de euros (R$ 3,6 milhões na época) e chegou como aposta para substituir Luiz Araújo. Apresentou-se no último dia 7 e a diretoria agilizou a regularização de seus documentos para estrear já no dia seguinte. Como vinha atuando normalmente pelo Atlético-MG, Rogério Ceni o escalou como titular diante do Vitória.

Naquele que foi o último triunfo da equipe, o camisa 7 atuou o primeiro tempo do 2 a 0 sobre o Vitória, no Morumbi, e saiu no intervalo se queixando de dores no púbis. Desde então, nunca mais ficou à disposição. Só foi ao campo para fazer trabalhos físicos e, nas últimas semanas, ficou no Reffis. O departamento médico do São Paulo diz que realiza um tratamento para que ele volte com risco menor de lesão.

Maicosuel, de 31 anos, tem contrato de três temporadas com o São Paulo. E não há previsão para que ele volte a entrar em campo e, consequentemente, receba salários pelo clube. Enquanto isso, Denilson, atacante de 21 anos vindo do Avaí, vem ganhando espaço na equipe, e, no setor ofensivo, o recém-contratado meia argentino Jonatan Gomez também pode estrear no domingo, contra o Santos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos