Birra? Verratti não é liberado para o Barcelona por motivo inusitado

Prioridade do Barcelona nesta janela de transferências, Marco Verratti não deve deixar o Paris Saint-Germain rumo ao Camp Nou. E o motivo é, sobretudo, o "orgulho" do presidente do PSG, o magnata Nasser Al Khelaif. Quem traz a questão à tona é Donato Di Campli, empresário do meio-campista italiano.

- Verratti é um prisioneiro do emir do PSG. É uma questão do emir do Catar. Ele tem uma disponibilidade econômica ilimitada, por isso não vai vender o Verratti ao Barça por 100 milhões de euros. Tornou-se uma questão de orgulho - contou Campli ao jornal italiano "Corriere dello Sport".

- Verratti é um prisioneiro do emir do PSG. É uma questão do emir do Catar. Ele tem uma disponibilidade econômica ilimitada, por isso não vai vender o Verratti ao Barça por 100 milhões de euros. Tornou-se uma questão de orgulho.

O agente de Verratti deixou claro o desejo do camisa 6 em defender o Barcelona. O vínculo do jogador da Azzurra, que está com 24 anos, com o PSG expira em junho de 2021.

CICATRIZ AINDA ABERTA

Muito provavelmente, o presidente do Paris Saint-Germain ainda sente as marcas da goleada acachapante (6 a 1) sofrida diante Barcelona na última edição da Liga dos Campões. A missão pelas oitavas de final era considerada "impossível" para os catalães, que já haviam eliminado os parisienses em outras oportunidades nos últimos anos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos