Atlético-PR confirma as saídas de Eduardo Baptista e de Paulo Autuori

Sem vencer há quatro rodadas, o Atlético-PR causou mais uma revolução no futebol. O clube anunciou nesta segunda-feira as saídas do técnico Eduardo Baptista e do diretor Paulo Autuori. O primeiro foi pelo desempenho ruim do time. O segundo por não concordar com a decisão da diretoria.

Eduardo Baptista chegou ao Atlético-PR no dia 23 de maio. De lá para cá, ele disputou 13 partidas e obteve cinco vitórias, três empates e cinco derrotas. Pesaram contra ele os tropeços contra o Grêmio, por 4 a 0, nas quartas de final da Copa do Brasil, e para o Santos, por 3 a 2, nas oitavas de final da Libertadores da América.

Embora reconheça a dificuldade do calendário - para se ter uma ideia, Eduardo Baptista não teve uma semana cheia sequer para trabalhar no Furacão - a diretoria não concordava com algumas decisões do treinador, principalmente na hora de mexer no time.

O curioso é que Eduardo Baptista foi contratado para substituir Paulo Autuori, que deixava o cargo de treinador e passava a ser o diretor do clube. No entanto, a decisão de trocar o comando técnico não tinha o aval do novo dirigente, que pediu para sair. Em nota, o Atlético-PR lamentou a decisão do profissional.

Agora, o foco atleticano é em buscar um novo treinador. O nome preferido da direção é o de Marcelo Oliveira, que está sem clube desde que se desligou do Atlético-MG em novembro de 2016.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos