Dorival herda 60% do grupo que Ceni tinha em janeiro e pode perder mais

Às 12h30 desta segunda-feira, Dorival Júnior será apresentado como técnico do São Paulo. E herdará apenas 60,7% do grupo de 28 jogadores que Rogério Ceni, seu antecessor, levou para disputar a Florida Cup, durante a pré-temporada, em janeiro. Expondo a reformulação que o elenco passou durante o ano.

Do grupo que foi para os Estados Unidos, permanecem apenas os goleiros Denis, Renan Ribeiro e Sidão, os laterais Buffarini, Bruno e Júnior Tavares, os zagueiros Rodrigo Caio, Lugano e Douglas, os volantes Wesley e Araruna, os meias Cueva, Cícero, Lucas Fernandes e Shaylon e os atacantes Gilberto e Wellington Nem.

E Dorival deve ser informado que pode perder outros dois desses que ficaram. A diretoria apenas aguarda que o Zenit, da Rússia, confirme o aviso de que fará uma oferta para cobrir a multa rescisória de 18 milhões de euros (R$ 67,5 milhões) e levar Rodrigo Caio. A expectativa quase tirou o zagueiro do clássico desse domingo, diante do Santos.

Quem nem viajou com a delegação para a derrota na Vila Belmiro foi Cueva. Embora o interino Pintado assuma a responsabilidade de não levá-lo por opção técnica, a diretoria aguarda proposta da Turquia, prometida por um empresário, e profissionais do clube já o tratam como jogador liberado. O camisa 10 piorou após ganhar aumento e renovar em março, até 2021, e o Tricolor espera receber 10 milhões de euros (aproximadamente R$ 38 milhões).

As mudanças que incomodaram Rogério Ceni, demitido há uma semana, foram constantes em 2017. No primeiro semestre, o clube vendeu o atacante David Neres, para o Ajax, da Holanda, e o zagueiro Lyanco, ao Torino, da Itália. No mês passado, o volante João Schmidt saiu de graça para Atalanta, da Itália, e foram negociados o zagueiro Maicon com o Galatasaray, da Turquia, e o volante Thiago Mendes e o atacante Luiz Araújo, ambos para o Lille, da França.

Daquele grupo que foi à Flórida, além do zagueiro Maicon, dos volantes Thiago Mendes e João Schmidt e do atacante Luiz Araújo, o goleiro Thiago Couto está no time sub-20, o lateral Foguete foi emprestado ao Vila Nova, o zagueiro Lucão segue afastado após dizer que queria sair, o zagueiro Breno e o volante Wellington rumaram ao Vasco, o atacante Neilton saiu para o Vitória e o centroavante Chavez foi devolvido ao Boca Juniors.

Por outro lado, a diretoria traz reforços. O volante Jucilei e o atacante Lucas Pratto, por exemplo, chegaram após a pré-temporada. Outras contratações ao longo do ano foram o zagueiro Arboleda, o lateral-esquerdo Edimar, o volante Petros, os meias Thomaz e Jonatan Gomez e os atacantes Marcinho, Morato (machucou-se após um jogo e não atua mais neste ano), Denilson e Maicosuel. E o clube ainda acerta trâmites burocráticos para anunciar o volante Matheus Jesus e o zagueiro Aderlan.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos