Não faltou grito: Dorival reúne elenco e participa ativamente de 1° treino

Na hora do almoço, Dorival Júnior traçou o resgate da confiança como primeiro passa para recuperar o São Paulo, atual penúltimo colocado do Campeonato Brasileiro. À tarde, agiu bastante durante seu primeiro treino no CT da Barra Funda para motivar os jogadores, que não vencem há sete partidas.

Os trabalhos do treinador começaram com uma conversa de cerca de 20 minutos envolvendo todos os jogadores no gramado. Mesmo que trata de problemas físicos, como Maicosuel, estava presente. Não foi possível ouvir o que Dorival falava, mas ele gesticulava muito e até abraçou alguns atletas.

Depois do papo, o técnico foi para outro campo do CT para comandar as atividades dos reservas. Quem atuou na derrota por 3 a 2 para o Santos, nesse domingo, na Vila Belmiro, realizou trabalhos de recuperação física nas dependências internas.

No gramado, Dorival não poupou sua voz. Gritou, incentivou e gesticulou cada exercício, inclusive os trabalhos físicos. Bateu palmas frequentemente, sempre com alguma frase para que os atletas mantivessem o esforço. O método se repetiu no treino técnico em campo reduzido. E foi assim durante as duas horas de treinamento.

Ao final dos trabalhos, o preparador físico Celso Rezende (trazido por Dorival, assim como o auxiliar Lucas Silvestre e o analista de desempenho Léo Porto) comandou as corridas no campo de Bruno, Wesley, Cícero, Cueva e Gilberto. Mesmo nesse momento, Dorival incentivava, pedindo para que os atletas mantivessem a velocidade.

Quando os atletas já estavam se hidratando e brincando com a bola, Dorival dedicou alguns minutos para conversar no gramado com o médico José Sanchez. Era o seu último ato no campo, aos olhos da imprensa, em um primeiro dia de tentativa de rápida recuperação do time.

O técnico acertou com o clube até dezembro de 2018 e só se apresentou nesta segunda porque teve problemas familiares na semana passada. Estreará na quinta-feira, contra o Atlético-GO, no Morumbi. Ainda não deve contar com o atacante Wellington Nem, vetado no domingo por lombalgia e que não pareceu no campo nesta segunda.

O São Paulo volta a treinar às 15h30 desta terça-feira, mesmo horário marcado para a atividade de quarta-feira, no CT da Barra Funda. Nesta semana, Dorival Júnior estipulou que a imprensa terá acesso somente aos primeiros minutos dos trabalhos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos