Dorival confirma Nem e Cueva como titulares em sua estreia no São Paulo

  • Érico Leonan/saopaulofc.net

Renan Ribeiro; Buffarini, Arboleda, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Jucilei e Petros; Wellington Nem, Cueva e Jonatan Gomez; Pratto. Este é o São Paulo que entrará em campo na estreia de Dorival Júnior como técnico do clube, nesta quinta-feira, às 19h30, contra o Atlético-GO, no Morumbi.

A formação foi confirmada no último treinamento do time para a partida. Em atividade comandada na tarde desta quarta-feira, no CT da Barra Funda, o treinador manteve a escalação com a qual já tinha trabalhado na véspera, com Cueva e Wellington Nem, que não viajaram para enfrentar o Santos, no domingo, como principais novidades no lugares de Denilson e Marcinho.

Cueva não atuou na derrota no clássico porque não quis viajar para ser reserva, enquanto Wellington Nem foi vetado por lombalgia. Mas ambos são as apostas do novo técnico para encerrar um jejum de sete partidas sem vitória e tirar o Tricolor da penúltima posição do Campeonato Brasileiro - a equipe tem 11 pontos em 12 rodadas.

Dorival usou metade do campo e, diante dos reservas, trabalhou a criação ofensiva do Tricolor. Tinha como preocupação que um dos volantes encostasse nos zagueiros para ajudar na saída de bola e mostrou confiança em Cueva, pedindo para que o peruano fosse o principal alvo dos passes desde a defesa. Com o técnico, o camisa 10 deve ser mesmo a principal peça de criação.

Pelos lados, indicava seguidamente para que Buffarini e Júnior Tavres centralizassem e trocassem de posição com Wellington Nem e Jonatan Gomez, abertos, respectivamente, na direita e na esquerda. Em uma dessas jogadas, Júnior cruzou rasteiro para Gomez fazer o gol e ganhou elogios de Dorival, que falou bastante e acompanhava tudo de perto.

Outro foco do técnico era para que o time mantivesse a posse de bola e se aproximasse o máximo possível de Pratto. Chegou a repreender jogadores, como Júnior Tavares, que tentavam a ligação direta com o atacante. A ordem é para evitar que o argentino precise sair da área.

Dorival também trabalhou bola parada, defensiva e ofensiva, e o posicionamento dos titulares em um trabalho sem nenhum adversário. Ao final das atividades, fez uma roda reunindo seus 11 preferidos e conversou com eles. Deixou os atletas à vontade e Júnior Tavares, Buffarini, Wellington Nem, Cueva e Arboleda bateram faltas contra Renan Ribeiro.

Na atividade tática, os titulares não tinham goleiro e Renan Ribeiro defendeu para os reservas, que foram escalados com: Bruno; Éder Militão, Lugano e Edimar; Wesley, Cícero e Lucas Fernandes; Marcinho, Denilson e Gilberto. Mais tarde, esses suplentes se juntaram a Douglas, Araruna, Shaylon, Thomaz e Brenner, que faziam treino separado, para um trabalho técnico em campo reduzido.

Novo preparador de goleiros

Uma das novidades no CT da Barra Funda foi o preparador de goleiros Marco Antônio Trocourt, o Marquinhos, contratado para substituir o Haroldo Lamounier, que era homem de confiança de Rogério Ceni. Foi o primeiro dia de trabalho de Marquinhos no São Paulo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos