Santos tem primeira derrota na Fifa contra Neymar e vai recorrer

A Fifa publicou na última terça-feira a decisão da demanda arbitral enviada pelo Santos em maio de 2015, contra o Barcelona (ESP) e Neymar. Sem esclarecer os motivos, a entidade máxima do futebol afirma que a reivindicação do Peixe é admissível, mas rejeitada.

O Peixe afirma que se sentiu lesado na venda do atacante, em 2013, pois o clube catalão declarou ter gasto 86 milhões de euros. Antes, o número divulgado pelos espanhóis era de 57 milhões de euros, sendo que o Santos recebeu 17,1 milhões de euros na época, enquanto a empresa do pai do jogador, 40 milhões de euros.

Outro questionamento da diretoria santista é referente a assinatura de contrato de Neymar com o Barcelona (ESP), alegando que, se o acerto aconteceu em 2011 e a transferência em 2013, as duas partes teriam infringido o regulamento da Fifa.

O Santos tem dez dias para recorrer à decisão e, segundo dirigentes, fará isso dentro do prazo.

Em nota, a NN Consultoria, empresa do pai de Neymar, avisou:

" Em decisão publicada hoje, a entidade máxima do futebol mundial julgou improcedente todos os pedidos do clube brasileiro em ação movida contra Neymar Jr, seu pai e o FC Barcelona.".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos