Jair Ventura celebra primeira vitória no Maraca: 'Estou igual um menino'

A maioria das pessoas que assistiu ao Clássico Vovô desta quarta-feira gostou do espetáculo. Três bolas na trave, chances para os dois lados. Mas é lógico que o torcedor do Botafogo ficou mais satisfeito. Agora, vai ser difícil encontrar alguém mais sorridente do que o técnico Jair Ventura. Ele não escondeu a alegria pela primeira vitória, como treinador, no Maracanã.

- Quando o Fluminense começou a jogar bola na área (no fim do jogo), parecia uma final. No Brasileiro, é muito difícil conseguir os três pontos. Viemos de uma batida muito forte. De vez em quando temos que poupar, não podemos correr riscos. Um dia especial para a minha carreira. A última vitória do Botafogo, aqui, foi em 2015. Foi a minha primeira no Maracanã. Estou igual a um menino. Vitória maiúscula, na minha opinião - celebra o treinador.

E a vitória que encerrou jejum de três partidas sem triunfos no Campeonato Brasileiro foi obtida com uma baixa de última hora. Bruno Silva concentrou, chegou no estádio com a delegação, mas não ficou nem cinco minutos e foi embora com dores na coxa direita.

- O Bruno, no último jogo, levou mão na perna. Na segunda, não treinou e, terça, ele estava com um incômodo. Ele falou que a perna não estava lhe permitindo pular. Foi examinado e não tinha condição. Preferiu ir para casa. Sem problema. Amanhã vamos examiná-lo para ver se ele vai para o próximo jogo. É o nosso Highlander. Primeira lesão. O que ele corre é um absurdo. Espero que não tenha nada - torce o treinador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos