Avaí busca empate no fim contra o Bahia, no Pituaçu

Bahia e Avaí empataram por 1 a 1, na noite deste domingo, no Estádio de Pituaçu, em Salvador. O Tricolor vinha dominando e abriu o placar com Renê Júnior, já no segundo tempo. Na primeira chance clara que teve, o Leão chegou ao empate, com Romulo, de bicicleta. Com o resultado, a equipe de Jorginho se manteve na 14ª posição, com 16 pontos. O time de Santa Catarina passou o São Paulo e chegou ao 17º lugar, com 12.

Pressionados e pertos um do outro na tabela, Bahia e Avaí precisavam da vitória para se afastar e sair da zona de rebaixamento, respectivamente. O Tricolor não vencia em casa há três jogos e começou o jogo na 15ª posição, graças aos resultados da rodada. O Leão estava na 18ª posição na hora do apito inicial, por causa da derrota do Vitória, mais cedo.

E essa pressão obrigava as duas equipes a buscarem o gol no primeiro tempo do jogo. O Bahia propunha mais, por jogar em casa, mas o Avaí também tentava chegar na base do toque de bola para criar perigo ao gol de Jean. Porém, a falta de pontaria impedia o zero de sair do placar. A melhor chance foi da equipe da casa, aos 30 minutos. Eduardo fez grande jogada pela direita e cruzou rasteiro. Allione infiltrou e mandou de letra, mas a bola bateu na trave. O Leão assustava nos contra-ataques, mas também pecava na hora de finalizar. O empate era o resultado ao final do primeiro tempo.

Já na volta dos vestiários, Jorginho colocou Ferrareis e Vinícius na equipe, buscando maior qualidade na definição das jogadas. Mas o que pareceu foi que o Bahia perdeu qualidade com as alterações. Muitos passes errados do Tricolor. O Avaí voltou mais recuado que no primeiro tempo. Já não conseguia mais tocar a bola como antes e com isso parou de criar perigo.

Recuou tanto que o Bahia, mesmo jogando mal, cresceu na partida. Mendoza e Renê Júnior quase chegavam perto de marcar quando chutavam de fora. Douglas mais uma vez era o melhor em campo do lado do Avaí. Aos 29 minutos, o domínio baiano resultou em gol. Renê Júnior tabelou com Vinícius e ficou cara a cara com Douglas. Aí foi só tocar na saída do goleiro para abrir o placar no Pituaçu.

Depois, os papéis se inverteram. O Bahia se fechou e o Avaí foi para cima em busca do gol de empate. Claudinei mexeu na equipe, colocando Lourenço para ter mais opções ofensivas. Na primeira chance que teve empatou o jogo. Leandro Silva mandou para dentro da área e Jean espalmou. Romulo aproveitou sobra e mandou para dentro, de bicicleta.

Com pouco tempo faltando para o final da partida, o empate prevaleceu. Com o resultado, o Bahia se manteve na 14ª posição, com 16 pontos. O Avaí passou o São Paulo e foi à 17º colocação, com os mesmos 12 pontos que a equipe paulista, mas melhor nos critérios de desempate.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 1 X 1 AVAÍ

Local: Estádio de Pituaçu, Salvador

Data-hora: 16/7/2017 - 19h

Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)

Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (FIFA-GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)

Público: Não divulgado.

Cartões amarelos: Renê Júnior e Feijão (BAH)

Cartões vermelhos: Não houve.

Gols: Renê Júnior, 29'2°T (1 a 0) e Romulo, 37'2°T (1 a 1)

BAHIA: Jean; Eduardo, Éder, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Matheus Sales, Renê Júnior, Allione (Vinícius, int), Régis (Gustavo Ferrareis, int) e Mendoza (Junior Brumado, 27'2°T); ; João Paulo- Técnico: Jorginho.

AVAÍ: Douglas Friedrich; Leandro Silva, Fagner Alemão, Betão e Capa; Lucas Otávio (Lourenço, 33'2°T), Wellington Simião e Pedro Castro; Júnior Dutra, Romulo (João Paulo, 40'2°T) e Joel (Willians, 28'2°T) - Técnico: Claudinei Oliveira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos